A HMD Global apresentou na MWC 2019 o Nokia 3.2, smartphone de linha média com Android One, tela de 6 polegadas, bateria de 4.000 mAh e preço muito competitivo.

 

 

Design de linha média com notch em forma de gota

 

 

O Nokia 3.2 tem linhas estilizadas e corpo com acabamento em cristal. Sua tela conta com 6.26 polegadas com notch em forma de gota (HD+), com a má notícia que é uma tela TFT, muito inferior ao padrão IPS. O dispositivo possui dimensões de 159,44 x 76,24 x 8,6 mm, e peso de 178 gramas. Também destacamos a presença do botão dedicado ao Google Assistente e do leitor de digitais na parte traseira.

 

 

Para trabalhar com o Android One

 

 

O Nokia 3.2 é um dos smartphones com Android 9 Pie One Edition mais baratos da atualidade. O dispositivo trabalha com um processador Snapdragon 429 quad-core e 12 nanômetros, e é de se esperar uma boa gestão de autonomia de bateria. O modelo está disponível nas versões com 2 GB RAM + 16 GB ou 3 GB RAM + 32 GB (expansíveis via microSD de até 400 GB).

 

 

Poucas pretensões fotográficas

 

 

O Nokia 3.2 conta um sensor fotográfico traseiro 13 MP, mas a HMD Global não entrou em detalhes sobre a abertura. A câmera frontal conta com apenas 5 MP. Ou seja, não podemos esperar muito dessas câmeras. São pensadas para as fotos casuais e nada mais.

 

 

A bateria é a melhor parte

 

 

Nada menos que 4.000 mAh de bateria. O Nokia 3.2 pode trabalhar por dois dias longe da tomada sem maiores problemas. Não sabemos se o modelo conta com modo de recarga rápida e conexão USB Type-C. O mais provável é que ele conte com uma entrada microUSB com o padrão Quick Charge 3.0, considerando o modelo do seu processador.

O Nokia 3.2 não tem janela de lançamento definida, mas sabemos os seus preços: 149,99 euros (2 GB RAM + 16 GB) e 179,99 euros (3 GB RAM + 32 GB). Não tem previsão de lançamento para o Brasil.