Compartilhe

Não é só os Correios que pode trazer o seu produto comprado no exterior até a sua casa por um preço mais competitivo. A Americanas.com agora quer concorrer com o AliExpress com o Americanas Mundo, que oferece importação de produtos da China e dos Estados Unidos para o Brasil.

O novo serviço oferece frete internacional gratuito, parcelamento de compra em até 10 vezes no cartão e todo o atendimento é em português. No Americanas Mundo você pode comprar eletrônicos e acessórios, mas nada de smartphones ou drones da DJI, por enquanto. Alguns produtos da Xiaomi (como smartbands, tablets e fones de ouvido) ou roteadores da Asus são encontrados no site, que conta com 4 mil produtos disponíveis em preços que variam entre R$ 20 e R$ 10 mil.

Aos valores do produto, você deve adicionar impostos de importação, ICMS e despacho postal de R$ 15, caso o pedido seja enviado pelos Correios. O frete é gratuito para todos os produtos, o que deixa uma compra no Americanas Mundo entre 30% e 40% mais baratas que no AliExpress. O prazo de entrega pode variar entre 10 e 50 dias úteis, onde a maior demora acontece mesmo nos trâmites burocráticos da Receita Federal.

 

 

Os valores são cobrados em reais, e podem ser parcelados em ate 10 vezes no cartão de crédito. Também é possível pagar a vista no boleto, cartão de débito e Ame Digital nas transações online, ou realizar o pagamento em uma agência lotérica ou em uma das unidades das Lojas Americanas.

O cliente pode solicitar a devolução do produto em até 7 dias em caso de defeito ou produto diferente do solicitado. O valor será restituído no cartão de crédito ou conta bancária onde o débito foi processado. Também é possível obter um vale-troca para compras dento do Americanas.com.

Por enquanto, o Americanas Mundo processa apenas as compras de produtos dentro do próprio site, e não é possível agregar as compras da Americanas.com. Esse é um projeto piloto da B2W, que começa a atuar no varejo de ‘cross-border’, atuando com intermediário nas compras internacionais. Assim, entra diretamente na concorrência do AliExpress, da Amazon e do eBay.

 

Via Americanas.com


Compartilhe