Os caminhos da Motorola e da Google voltam a se encontrar. Foi anunciado hoje (4) a chegada ao Brasil do Motorola One, modelo intermediário com Android One.

O dispositivo foi apresentado no escritório da Google Brasil, e já conta com atualização garantida para o Android Q e correções de segurança mensais. Diferenciais que podem atrair aqueles que estão interessados em um Android puro, ou que voltam os seus olhares para os smartphones chineses.

O Motorola One pode ser considerado um irmão do Motorola P30, com traseira de vidro e tela com notch para abrigar a câmera de 8 MP e os demais sensores.

Sua câmera traseira dupla com resolução de 13 MP + 2 MP é pensada no efeito bokeh, e tudo é gerenciado com o Android 8.1 Oreo dentro do programa Android One. O Android 9 Pie está garantido, assim como o Android 10 Q, além das correções de segurança mensais por três anos.

 

 

O Android do Motorola One não é 100% puro por causa dos recursos Moto Tela e Moto Ações, tradicionais nos dispositivos da marca controlada pela Lenovo.

Mesmo assim, a promessa é que o dispositivo será atualizado rapidamente, com tais updates contando com a intervenção da Google.

 

 

 

Motorola One: especificações técnicas

 

– Tela de 5.9 polegadas (HD+, 1520 x 720 pixels, 287 ppp, 19:9) LCD IPS LTPS
– Processador Qualcomm Snapdragon 625, com gráficos Adreno 506
– 4 GB RAM, 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 256 GB)
– Bateria de 3.000 mAh, com carregador rápido de 15 W
– Câmera traseira de 13 MP (f/2.0) + 2 MP (f/2.4)
– Câmera frontal de 8 MP (f/2.2)
– Android 8.1 Oreo
– Portas USB-C, conector 3.5 mm
– WiFi abgn dual-band, Bluetooth 4.2, NFC, GPS, AGPS, GLONASS, Galileo, dual SIM
– Dimensões: 150x72x7,97 mm, 162 gramas

O Motorola One chega ao mercado brasileiro a partir de hoje (4), e tem preço sugerido de R$ 1.499.

Ficamos na expectativa para testar o produto, pois com tais configurações e preço, ele tem tudo para ser um dos smartphones mais cobiçados para o final de 2018.