Motorola Moto G9 Power por R$ 1.899: vale a pena? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Análises e Reviews | Motorola Moto G9 Power por R$ 1.899: vale a pena?

Motorola Moto G9 Power por R$ 1.899: vale a pena?

Compartilhe

No apagar das luzes de 2020, o Motorola Moto G9 Power é lançado no Brasil. Não sei se essa foi uma jogada de mestre ou um movimento problemático, considerando o fato que estamos no final do ano, e muita gente já investiu o seu dinheiro em um novo smartphone para chamar de seu. Mas como estamos falando de um novo membro da família Moto G, não podemos simplesmente deixar de lado.

Vamos falar sobre o Motorola Moto G9 Power, que se destaca principalmente pela sua enorme bateria de 6.000 mAh. Isso leva a crer que os fabricantes que não estão procurando a recarga mais rápida do mercado pelo menos aumentam a autonomia ao máximo para que o usuário só dependa de um carregador no final do dia.

Porém, isso sempre resulta em ônus e bônus. Nesse caso, cortar alguns recursos do dispositivo para que ele seja mais acessível é o ônus a ser pago.

 

 

 

Ele é só uma bateria de 6.000 mAh com participação especial de smartphone Android?

 

 

É claro que não! Mas sei que chamei a sua atenção com esse tipo de frase.

A tela de 6.8 polegadas (IPS, HD+, 20.5:9) do Motorola Moto G9 Power é generosa o suficiente para ser mais do que perfeita para quem quer ver filmes e séries no smartphone, mas por conta do processador Qualcomm Snapdragon 662, os gamers podem não encontrar o dispositivo que procura para a sua jogatina diária.

Não que o Snapdragon 662 não seja um bom processador. Porém, ele está com os dois pés fincados no reino da Terra Média, ou seja, é um modelo intermediário, e não um intermediário premium. Para quem quer jogar e procura a melhor relação custo-benefício, o negócio mesmo é ir atrás de um smartphone com o Snapdragon 7xx (principalmente aqueles com a terminação G).

 

 

Os 4 GB de RAM e os 128 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 512 GB) são requisitos considerados mínimos aceitáveis para um produto dentro de sua categoria e preço, o que indica que o telefone está claramente pensado para o uso do dia a dia (e-mails, redes sociais, navegação na internet, comunicação instantânea e vídeos por streaming).

Nas câmeras, um destaque para esse sensor principal de 64 MP com abertura f/1.7. Pelo menos nos números, ela é promissora. Mas como a Motorola já me decepcionou bastante nesse aspecto, prefiro esperar as primeiras avaliações para ter um parecer melhor sobre esse item de hardware.

A conectividade também recebe os elementos mais básicos e procurados em um dispositivo dentro da sua categoria, como WiFi ac, Bluetooth 5.0 e 4G. Qualquer smartphone que conte com menos que isso vai ficar para trás. Seu leitor de digitais fica na parte traseira, e o modelo ainda recebe um botão dedicado ao Google Assistente. Todo o conjunto é gerenciado pelo Android 10 com a interface da Motorola praticamente pura, com poucas modificações.

E… antes que eu me esqueça… sim… ele manteve o conector para fones de ouvido de 3.5 mm. E muita gente vai ficar feliz com essa informação.

 

 

Mas o grande destaque do Motorola Moto G9 Power é mesmo a sua generosa bateria de 6.000 mAh, que ainda recebe um modo de recarga rápida de 20W. É o principal diferencial do modelo, e a garantia que você não vai ficar sem o seu dispositivo no final do dia. Para quem dá muita ênfase para esse aspecto no smartphone, é um dos modelos que devem ser considerados na sua escolha.

 

 

 

Motorola Moto G9 Power: vale a pena?

 

 

Por R$ 1.899, o Motorola Moto G9 Power é “honesto”, considerando todas as variáveis que nos foram impostas em 2020. Este foi um ano onde todos os segmentos de mercado tiveram os seus preços afetados, e em um mundo perfeito, um modelo como esse custaria em torno de R$ 1.500 com tranquilidade. Mas a nossa realidade é outra, e é quase um sentimento de aceitação para todos nós o valor cobrado por este modelo.

De novo: se a sua prioridade na vida é jamais deixar de ter bateria no smartphone, o Motorola Moto G9 Power é uma das escolhas que você deve considerar. Aqui, você não está procurando o melhor smartphone da sua vida, mas sim aquele que é mais funcional para as tarefas básicas do dia a dia, e funcionando ao longo de um dia inteiro.

Mas… sempre dê uma olhada para os lados, e veja o que outras marcas estão oferecendo pelo mesmo preço. E procure pelas promoções: quanto menor o valor que você pagar pelo Moto G9 Power, mais vai valer a pena pegar esse modelo.

 

 

 

Motorola Moto G9 Power: especificações técnicas

 

 

Tela: IPS de 6,8 polegadas com resolução HD+ (1640 x 720 pixels), proporção de 20,5:9
Processador: Qualcomm Snapdragon 662 (octa-core de até 2,3 GHz)
RAM: 4 GB
Armazenamento: 128 GB, com suporte à cartão de memória microSD de até 512 GB
Câmera tripla:
Principal: 64 megapixels e abertura de f/1,7
Macro: 2 megapixels e abertura de f/2,4
Profundidade: 2 megapixels e abertura de f/2,4
Câmera frontal: 16 megapixels e abertura f/2,25
Bateria: 6.000 mAh, carregamento rápido de 20 W
Sistema operacional: Android 10
Conectividade: entrada dedicada para fones de ouvido (3,5 mm), 4G, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, Bluetooth 5.0
Mais: leitor de impressões digitais na traseira e botão para acionar Google Assistente


Compartilhe