Meizu M6s

A Meizu apresentou oficialmente o Meizu M6s, smartphone de linha média que aposta o seu bom desempenho nos processadores da Samsung.

O modelo também oferece algumas mudanças de design em relação aos modelos previamente lançados. Seu corpo unibody de alumínio esconde a antena na estrutura traseira, seguindo a linha de design dos modelos top de linha da Meizu.

O Meizu M6s conta com uma tela em formato 18:9 de 5.7 polegadas (HD+, 1.440 x 720 pixels)) in-cell, uma variante do LCD, com brilho máximo de 450 nits e contraste de 1.000:1.

O processador escolhido é o Exynos 7872 hexa-core da Samsung, com dois núcleos Cortex A73 a 2 GHz de alto desempenho e outros quatro núcleos Cortex A53 a 1.6 GHz para economia de bateria.

Nas memórias, 3 GB de RAM para as duas variantes com 32 GB e 64 GB. Nas câmeras, 16 MP no sensor traseiro (assinado pela Samsung) com abertura f/2.0 e HDR nativo, e câmera frontal de 8 MP (f/2.0) para as selfies.

 

 

Sua bateria de 3.000 mAh conta com o modo de recarga rápida MCharge, onde podemos carregar mais da metade de sua capacidade em apenas 30 minutos. O sistema operacional Android 7.1.2 Nougat recebe a interface Flyme 6.2, que inclui o motor OneMind de inteligência artificial.

A má notícia é que, apesar de contar com um leitor de digitais, ele migro para uma das laterais e, por conta disso, perdemos o botão Home touch, trocando por gestos na tela que exigem uma certa curva de aprendizado.

O Meizu M6s tem preços sugeridos de 125 euros (3 GB + 32 GB) e 150 euros (3 GB + 64 GB). São quatro opções de cores (preto, prata, dourado e azul elétrico). O modelo deve chegar ao mercado chinês em 20 de janeiro, e pode se transformar em um modelo internacional com o passar do tempo.

 

Via Gizmochina