A Kodak começou 2018 com força, na tentativa de voltar a ser a marca dominante que um dia foi. Anunciou a sua criptomoeda, a KodakCoin, o que fez com que os valores de suas ações disparassem, mesmo com o lançamento de um polêmico minerador de bitcoins (onde temos que deixar metade do que ganhamos nele).

Agora, a Kodak apela para a nostalgia, com o relançamento da câmera Super 8, lançada em 1965.

A Kodak anunciou que estava trabalhando na volta da Super 8 na CES 2016, apostando na nostalgia de um design exclusivo, criado por Yves Behar, e não era um retorno dedicado às massas.

Hoje, dois anos depois, a Kodak informa que a câmera Super 8 está quase pronta, e deve chegar ao mercado ainda em 2018, com preço sugerido entre US$ 2.500 e US$ 3.000.

A Kodak ofereceu essa câmera para criadores de conteúdo, como o diretor Nick Green ou os fotógrafos da GQ, e os resultados são os esperados: imagens em formato 1:1, estética suave e orgânica, baixa resolução, alto contraste e a granulação que enlouquece os nostálgicos.

A nova Super 8 contará com tela LCD de 3.5 polegadas, baterias intercambiáveis, USB, microfone para gravação de áudio em um cartão SD, controle de velocidade variável (entre 9 e 25 fps) e suporte para lentes C.

O desenvolvimento demorou porque a tecnologia por trás da câmera estava morta, e ninguém a resgatou (ainda mais porque a Kodak tinha as patentes, mas não quis compartilhar com ninguém), o que deixou todos os formatos obsoletos.

A nova Super 8 será tão fácil de usar como uma DSLR, com cartuchos de fita e áudio digital. A plataforma Kodak Darkroom vai oferecer os filmes e realizar o processamento para obter assim uma versão digital do filme original. A Kodak garante que os arquivos digitais estarão disponíveis em 24 horas, dentro do site da plataforma, e que os filmes serão enviados de volta para o arquivo do usuário.

Agora, só falta a confirmação da data exata de disponibilidade e quantas unidades serão vendidas. Com esse preço, a Kodak deixa clara a aposta no mercado nostálgico, que tradicionalmente possui grande poder aquisitivo e gosta de itens exclusivos.

 

 

 

Via Kodak