A Apple afirmou que o iPhone XS Max teria 1h30 a mais de autonomia de bateria em relação à geração anterior. Poderia parecer um exagero por parte da gigante de Cupertino, mas o fato é que a autonomia de bateria aumentou de forma significativa.

Porém, será que melhorou a ponto de bater de frente com os modelos top de linha com bateria de grandes dimensões?

Pois bem,o PhoneBuff decidiu tirar a prova dos 9 (sem trocadilho), e colocou frente a frente o iPhone XS Max com o Samsung Galaxy Note 9, para descobrir qual dois dois aguenta mais tempo funcionando em função da bateria.

Nos testes, cada modelo passou por uma série de tarefas para gastar a sua bateria, como chamadas telefônicas, envio de mensagens, navegação web e vídeos do YouTube. Calibração de tela, volume e todas as variáveis funcionais são as mesmas em todos os dispositivos.

Apesar do iPhone XS Max começar bem (3% de consumo de bateria depois de uma chamada telefônica de uma hora, contra 5% do Note 9), o smartphone da Apple ‘morreu’ no uso do Google Mapas. Já o Galaxy Note 9 ainda contava com 37% de bateria, só encerrando o seu ciclo de uso três horas depois.

É claro que temos que pontuar algumas coisas nesse teste.

Apesar das telas contarem com tamanhos similares, as baterias dos smartphones não contam com os mesmos números. O iPhone XS Max conta com uma bateria de 3.174 mAh, enquanto que o Galaxy Note 9 possui 4.000 mAh. Logo, só nesse item já temos uma diferença substancial, que deixa esse teste um pouco injusto.

Além disso, é sempre importante lembrar que temos smartphones diferentes, com sistemas operacionais diferentes e diferentes níveis de otimização. Android e iOS são universos completamente diferentes, e os números frios não representam necessariamente que um é melhor que o outro nesse aspecto, mas sim que os softwares trabalham de forma diferente.

Talvez esse teste é útil apenas para quem realmente precisa de um smartphone top de linha com maior autonomia para atividades profissionais ou de entretenimento, e realmente está na dúvida entre os dois modelos. Fora isso, o teste precisa ser enxergado apenas como uma mera curiosidade geek.

Vídeo a seguir.