Por que o Google Workspace pode ser uma ameaça ao Microsoft Office | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o Google Workspace pode ser uma ameaça ao Microsoft Office | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Por que o Google Workspace pode ser uma ameaça ao Microsoft Office

Por que o Google Workspace pode ser uma ameaça ao Microsoft Office

Compartilhe

O Google Workspace é a repaginação do G Suite, o pacote de escritório, produtividade e produção colaborativa do Google. Além do nome, o serviço recebe novas características e maior integração entre os aplicativos, além de novos logotipos e uma discreta mudança de preço.

A motivação do Google é bater de frente com a Microsoft e o seu pacote de escritório Office, e a mudança do nome também tem como objetivo estabelecer um reforço com a marca da gigante de Mountain View junto aos usuários.

 

 

 

Google Workspace = integração

 

 

A integração de aplicativos e funções é um dos principais objetivos do Google Workspace, que vai incluir no mesmo pacote Gmail, Calendar, Meet, Chat, Drive, Documentos, Folhas de Cálculo, Apresentações, Formulários, Sites e outros recursos. É a combinação de serviços que pode fazer com que a nova proposta se transforme em uma ameaça real ao Microsoft Office.

Na prática, qualquer espaço de trabalho em uso pode incluir elementos de outros programas, criando uma proposta mais ágil e produtiva, sem perda de tempo para uma execução mais eficiente. O Google ousa dizer que o Google Workspace pode representar “o fim do ‘desktop’ tal e como conhecemos”.

Os aplicativos do Google Workspace vão permitir pequenas visualizações prévias de outros documentos integrados dentro do espaço de trabalho, além de ampliar o uso de pequenos cartões de contato que podem aparecer quando você menciona um contato em um documento.

 

 

Outra novidade é uma janela de chat que pode gerar um novo documento para todos presentes no grupo de forma automática. No Google Docs, no lugar de procurar os cursores dos outros usuários dentro de um documento, você pode iniciar uma chamada de vídeo na janela do arquivo, para que todos possam ver as alterações propostas no documento.

O Gmail e o Chat já contam com um modo picture-in-picture, que permite as chamadas de vídeo do Google Meet nesses serviços, e agora o recurso será implementado nas ferramentas do Google Docs.

 

 

 

Google Workspace: logos e preços

 

 

O Google Workspace é claramente pensado no seu uso com o desktop, nos aplicativos do próprio Google, mas ele não vai reduzir o suporte para soluções de terceiros e combinações com outras ferramentas, como Slack ou Zoom.

Por fim, os novos ícones foram apresentados e são apenas mudanças cosméticas. Mas… como esquecer o grande M do Gmail? Só mudou de cor, mas esse formato não dá para abandonar tão cedo.

Com o novo Google Workspace, temos novos preços e nomes para as assinaturas. Todos os planos oferecem 14 dias de testes antes do registro em definitivo:

Google Workspace Business Starter: US$ 6 por usuário/mês, inclui e-mail personalizado.
Google Workspace Business Standard: US$ 12 por usuário/mês, inclui maior capacidade para chamadas de vídeo e mais armazenamento.
Google Workspace Business Plus: US$ 18 por usuário/mês, inclui acesso a ferramentas como Vault e MDM (Mobile Device Management).

 

 

 

Via Google


Compartilhe