Compartilhe

Mark Zuckerberg não desiste, e quer capitalizar as suas plataformas a todo custo (ainda mais agora, que a Libra está na geladeira das dúvidas e do ceticismo). A nova iniciativa do menino Zuck é mais tradicional: pagamentos móveis através do Facebook Pay.

O Facebook Pay será um sistema de pagamentos que poderá ser utilizado no Messenger, Instagram, WhatsApp e Facebook, permitindo o envio de dinheiro para nossos contatos, a compra de produtos e doações. Ela vai se basear em uma infraestrutura financeira e associações existentes.

 

 

Qual é a do Facebook Pay?

 

 

O Libra é muito ambicioso, já que quer mudar boa parte do sistema econômico com uma moeda global e compatível com várias plataformas, com um valor único. Por isso, o Facebook deixa claro que o Facebook Pay não tem qualquer relação com o Libra, pois os pagamentos estariam respaldados pelas atuais instituições financeiras.

PayPal e Stripe são as empresas por trás do Facebook Pay, oferecendo a infraestrutura e o expertise em pagamentos móveis para processar as transações na plataforma. Curiosamente, as duas retiraram recentemente o apoio ao Libra.

Por outro lado, o novo sistema de pagamentos será compatível com a maioria dos atuais cartões de crédito e débito. Inicialmente, só estará disponível para pagamentos de pessoa a pessoa, compras in-app e dentro do Marketplace do Facebook, assim como para compartilhar entradas para alguns eventos e arrecadação de fundos.

O Facebook está mais do que consciente sobre os problemas de segurança e privacidade, de modo que cada pagamento no Facebook Pay deve ser autenticado pela leitura de digitais ou reconhecimento facial a partir do aplicativo para smartphone, mas também é possível configurar um código de transação. Cada transação estará codificada e monitorizada para evitar fraudes.

Além disso, o histórico de compras e pagamentos no Facebook Pay não será compartilhado com terceiros, assim como os números do seu cartão de crédito ou dados bancários. Porém, esse mesmo histórico pode ser utilizado para exibir anúncios ao usuário. OU seja… já sabe.

O Facebook Pay será lançado na próxima semana nos Estados Unidos, e deve chegar aos demais países mais adiante. Você vai poder personalizar o uso do serviço para cada aplicativo, ou ter um uso global para as quatro plataformas, unificando a experiência e os pagamentos de acordo com as suas necessidades.

 

Via Facebook


Compartilhe