O Facebook anunciou oficialmente o Oculus Go, dispositivo de realidade virtual independente, que dispensa o uso de PC ou smartphone para funcionar.

O óculos vai contar com uma tela LCD com resolução nativa de 2560 x 144 pixels e um conjunto de lentes que permitem um amplo campo de visão. Também conta com áudio especial integrado e conector para fones de ouvido de 3.5 mm.

As primeiras unidades do produto serão enviadas para os desenvolvedores em novembro, e sua chegada ao mercado está prevista para o começo de 2018. Seu preço sugerido é de US$ 199, e Mark Zuckerberg quer assim levar a realidade virtual para as massas.

 

 

O Facebook também anunciou uma redução permanente de preço do Oculus Rift, para US$ 399. Uma redução mais que necessária, já que o produto teve problemas de distribuição e atraso no envio das unidades.

 

 

O Facebook prepara outro dispositivo de realidade virtual top de linha para substituir o Oculus Rift. Seu principal diferencial é que o mesmo será totalmente sem fio.

 

 

Contará com novos controles Oculus Touch, variante melhorada dos controles do Rift. O novo produto será enviado aos desenvolvedores em 2018, e preços e disponibilidade do produto não foram reveladas.

 

 

A Oculus também apresentou uma grande atualização de software, com uma nova interface de usuário e uma Home personalizável. A mais interessante das novidades será a Oculus Dash, que tem interface no estilo Minority Report, que promete substituir o uso de telas físicas em um espaço de trabalho quase ilimitado. Estará disponível em fase beta no final de 2017.