Compartilhe

Por muito tempo, a presença de um leitor de digitais na parte frontal do smartphone não era um grande problema, pois os dispositivos contavam com grandes bordas rodeando a tela. Porém, com a redução dessas bordas, a necessidade em integra o leitor biométrico abaixo da tela só aumentou, e hoje muitos telefones já contam com essa tecnologia.

Porém, a atual geração de leitores de digitais abaixo da tela entregam uma experiência frustrante aos usuários. Como o sensor está oculto, não há uma indicação visual sobre onde devemos colocar o dedo (com exceção dos dispositivos que contam com a tela Always On, pois nesse caso a área de detecção biométrica está marcada). Além disso, o processo de reconhecimento não é nem tão preciso, nem tão rápido como em um sensor padrão.

Felizmente, esses problemas podem ser coisa do passado em breve. A Xiaomi já anunciou que está trabalhando na segunda geração do seu leitor de digitais abaixo da tela, que promete ser mais sensível ao toque e maior (25 mm x 50,2 mm).

Um sensor maior deve fazer com que ele seja mais preciso, mas o tamanho físico desse sensor continua menor do que os sensores capacitivos que utilizamos até agora. Apenas para ter uma referência: o leitor de digitais na parte traseira do Pixel 3 é de 90 mm x 90 mm, o que oferece uma superfície de 8.100 mm², contra os 1.255 mm² do leitor de digitais de segunda geração que a Xiaomi quer utilizar.

Por outro lado, a OPPO também anunciou uma nova tecnologia de reconhecimento ótico de leitor de digitais abaixo da tela, que oferece uma área de reconhecimento até 15 vezes maior que a sua solução atual. Os seus modelos equipados com essa nova tecnologia serão lançados em 2019.

Como podem ver, os fabricantes já se movimentam no desenvolvimento da segunda geração dos seus leitores de digitais abaixo da tela, enquanto que a Samsung só agora vai adotar tal tecnologia (e esperamos que já entregue algo de alta qualidade) e a Apple nem menciona o assunto.

Convenhamos: colocar um leitor de digitais abaixo da tela não é uma tarefa fácil para nenhum fabricante.


Compartilhe