Compartilhe

Uma falha no Twitter presente desde 2014 expôs mensagens privadas dos usuários da versão do app para Android, realizando algumas mudanças na configuração de suas contas. Os usuários do app do iOS não foram afetados.

O problema aconteceu quando os usuários do microblog que utilizavam o cliente Android mudaram as configurações de suas contas. Mudanças habituais, incluindo a atualização dos endereços de e-mail.

Ao realizar essas mudanças, a falha no Twitter provocou a desabilitação da função “Proteger os seus tweets”, expondo ao público mensagens privadas. O problema afetou os usuários que realizaram mudanças em sua conta entre 3 de novembro de 2018 e 14 de janeiro de 2019.

O Twitter afirma que resolveu o problema esta semana, e entrou em contato com os usuários que foram afetados pela falha, mas recomenda que os usuários verifiquem em sua conta se a configuração do item “Proteger os seu tweets” está habilitada. Aproveita a oportunidade para pedir desculpas pelo incidente.

Incidentes desse tipo levam a um efeito colateral indesejado para qualquer plataforma, que é a perda de confiança no Twitter por parte dos internautas.

Parece que não existe uma forma para os grandes serviços protegerem de forma adequada os dados dos usuários, ou como nesse caso, proteger as mensagens destinadas a serem privadas, e que se tornam públicas do nada, como passe de mágica.

E isso porque estamos falando de uma falha que o Twitter levou mais de quatro anos para localizar. Como assim?

Nas últimas semanas, sempre recebemos notícias de alguma falha, hack ou ação de alguma empresa que viola a segurança ou a privacidade do usuário, principalmente por parte de grandes serviços de internet ou redes sociais. E estamos falando do Twitter, que nem é um dos piores.

O Facebook terminou em um lugar de destaque no ranking dos 12 piores incidentes de cibersegurança de 2018, e mesmo com todas as promessas de Mark Zuckerberg, já no começo de 2019 ficamos sabendo que a rede social rastreia os seus usuários através de aplicativos Android, mesmo que a pessoa não tenha uma conta na plataforma.

A moral das redes sociais está cada vez mais baixa, e a situação está ficando insustentável.

 

Via Engadget, Twitter


Compartilhe