Compartilhe

A zoeira não tem limites, nem no mundo da tecnologia. A Huawei aproveitou o lançamento do Galaxy S10 para dar aquela zoada no novo smartphone top de linha da Samsung.

A Huawei ganhou muita notoriedade com o P20 Pro e suas três câmeras, que conseguiram deixar para trás o Galaxy S9+. A ideia da empresa é subir mais um degrau com o P30 Pro, que é o teórico concorrente do Galaxy S10. Logo, está na hora de começar as hostilidades e provocações, porque isso é parte de uma estratégia de marketing.

A Huawei lançou o seu primeiro smartphone top de linha com três câmeras traseiras há quase um ano, e só agora a Samsung fez o mesmo. Por isso, a fabricante asiática achou legal lembrar a todo mundo que foi pioneira nesse negócio, e avisar que o P30 vai ser mesmo o grande concorrente do Galaxy S10 dentro desse segmento.

Basicamente, a Huawei insinuou que o Galaxy S10 peca pela falta de inovação e originalidade, e que o grande smartphone de 2019 ainda está para chegar (no dia 26 de março, em Paris). E, de forma ousada mas muito interessante, a mesma Huawei enche a boca para afirmar que o Galaxy S10 não consegue sequer tocar no P30 quando o assunto é o zoom nas fotos.

Vale lembrar que o Galaxy S10 e S10+ contam com um sensor fotográfico de 12 MP, com zoom ótico de 2x. O P20 Pro de 2018 já oferecia um zoom híbrido de 5x, algo que deve melhorar muito no P30 Pro. Sem falar que é esperado que o modelo de 2019 da Huawei vai chegar ao mercado com quatro câmeras traseiras, algo que o Samsung Galaxy A9 já fez, mas esse não é um top de linha.

Por outro lado, se o design do Huawei P30 Pro for o mesmo que vimos nos vazamentos, ou seja, um mais do mesmo quando comparado com o design Infinity-O da tela do Galxy S10, o modelo pode ter problemas para convencer os usuários mais interessados em uma mudança pontual de design.

Esperamos que os preços da Huawei para a linha P30 não se torne uma piada no meio de tecnologia, pois de nada vale apresentar inovações se os valores forem tão proibitivos quanto os dispositivos do coleguinha coreano.

Mas dia 26 de março não é tão distante. É logo ali.


Compartilhe