Distribuições Linux que pode ressuscitar seu velho PC com 32 bits | TargetHD.net TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content

Distribuições Linux que pode ressuscitar seu velho PC com 32 bits

Compartilhe

O que fazer com aquele velho computador que você tem encostado em casa desde que o Ubuntu deixou de oferecer suporte para equipamentos com arquitetura 32 bits em junho de 2019 (e fez com que várias outras distribuições baseadas nela ou não fizessem o mesmo)?

Há quem diga que não vale o esforço em fazer funcionar um computador com 32 bits, e dá para concordar com isso quando falamos do Windows ou do macOS. Mas no Linux, isso é incompreensível, já que o sistema operacional já ressuscitou vários equipamentos antigos.

Nesse post, vamos ver as distribuições Linux que estão comprometidas com o hardware de 32 bits, e que seguem funcionando em computadores mais antigos.

 

 

 

Debian

 

 

O Debian é conhecido como a “distribuição mãe” do Ubuntu, e segue apostando no seu funcionamento em uma ampla gama de plataformas de hardware. Sua versão mais estável, a Debian 10 Buster, oferece suporte para o hardware Intel de 32 bits até 2024. É uma das distribuições mais versáteis, e um clássico do software livre.

 

 

 

Devuan

 

 

O Devuan (pronuncia-se Dev One) é fruto de uma polêmica gerada em 2015, com a mudança do sistema de início do Debian, saindo do Init pelo novo Systemd. É um fork do Debian apegado ao Init, e que não oferece muitas mudanças em relação ao seu software original.

 

 

 

Slax

 

 

O Slax é, hoje, baseada no Debian (antes era no Slackware), e é pensado para a execução a partir de mídias removíveis (DVDs, pendrives, etc). É recomendado para realizar tarefas pontuais em computadores antigos. Basta ter um equipamento com processador i686 (lançado em 1995) e 128 MB de RAM (512 GB se você vai utilizar o navegador web).

 

 

 

Emmabuntüs

 

 

O Emmabuntüs nasceu em 2012 com a base do Ubuntu, passou a depender do Xubuntu primeiro e, depois, do Debian. Não precisa de uma conexão de internet para completar a sua instalação, já que todos os seus pacotes estão dentro de usa ISO. Foi criado para facilitar o recondicionamento de equipamentos informáticos obsoletos nas iniciativas de cooperação e desenvolvimento informático.

 

 

 

Q4OS

 

 

O Q4OS é uma distribuição baseada no Debian, e é focada em atrair para o mundo Linux os usuários do Windows. Possui o seu próprio tema de desktop, o Trinity Desktop Environment, um fork do KDE que imita as interfaces do Windows XP e do Windows 7. Para funcionar, seu computador precisa ter um processador Penitum 300 MHz, 128 MB de RAM e 3 GB de armazenamento (pelo menos).

 

 

 

Void Linux

 

 

O Void Linux é uma distribuição rolling-release, estável e leve para os usuários old school. Sua interface é zero amigável para os usuários do Windows, e é mais voltada para usuários de sistemas BSD. Até possui alguns desktops compatíveis com ele, como Cinnamon, XFCE, LXDE, LXqt ou Enlightenment. Para funcionar, seu computador precisa ter um Pentium 4 com 700 MB de armazenamento e 96 MB de RAM.

 

 

 

Gentoo

 

 

O Gentoo é uma distribuição sem binários, cujo principal diferencial está na compilação de pacotes de software no equipamento do usuário, que é otimizado para executar-se sobre o seu hardware. Era uma das opções favoritas dos usuários avançados do Linux em 2005, e foi substituído pelo Arch Linux (que não possui suporte para 32 bits) com o passar do tempo.


Compartilhe