Dez coisas que o Windows Phone pode ensinar ao Android e iOS | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Dez coisas que o Windows Phone pode ensinar ao Android e iOS | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Dez coisas que o Windows Phone pode ensinar ao Android e iOS

Dez coisas que o Windows Phone pode ensinar ao Android e iOS

Compartilhe

O Windows Phone/Windows Mobile não teve o sucesso que a Microsoft esperava – em partes por culpa da própria Microsoft -, mas isso não impede de localizar as coisas boas que o sistema operacional possui, e que podem ser vir de exemplo para o Android e iOS.

Nesse post, mostramos 10 características do Windows Phone que poderiam ser adotadas de alguma forma pelas duas plataformas móveis mais populares do mercado.

 

 

As 10 características onde o Windows Phone deixa lições para o Android e iOS

 

1. Interface: simples, minimalista, prática e funcional. As live tiles eram perfeitas para o formato mobile em telas sensíveis ao toque.

2. Teclado: o teclado virtual nativo do Windows Phone era excelente, com uma ótima previsibilidade. Entregou uma experiência muito prazerosa.

3. Hardware: não apenas por contar com características de hardware que hoje são raras (aka conector de 3.5 mm), o Windows Phone não exigia especificações tão fortes para devolver um bom desempenho.

4. Bluetooth: o Windows Phone sempre entregou bons resultados nesse aspecto, enquanto que nas demais plataformas os resultados podem variar de acordo com o desenvolvedor.

5. Mapas: com o Mapas da Nokia, sempre entregou resultados muito competentes e sem custos adicionais para o usuário, com uma precisão muito interessante.

6. WiFi: esse era um recurso que poderia ser gerenciado sem consumo elevado de bateria no Windows Phone, incluindo o gerenciamento de quando ele voltaria a ficar ativo para economizar o consumo de dados.

7. Chamadas e contatos: você contava com um gravador de chamadas ativo, e toda a base de dados de usuários era sincronizada e de fácil acesso. Os dois softwares estavam muito bem integrados.

8. Updates e segurança: todos os dispositivos com Windows Phone recebiam as atualizações mais ou menos ao mesmo tempo. Pena é que a Microsoft abandonou muitos dos seus modelos mais antigos (e isso é algo que os fabricantes também poderia aprender a como NÃO fazer).

9. Software: tanto o sistema operacional quanto os seus apps eram minimalistas e diretos, deixando o sistema perfeito para quem queria evitar distrações para trabalhar ou se comunicar.

10. Os Detalhes: dizer ‘adeus’ quando você desliga o telefone, desligar TODOS os rádios quando você ativa o modo avião (incluindo o GPS), gerenciamento de bateria com porcentagem nos apps e outras pequenas coisas que mostram como o Windows Phone estava bem pensado no seu desenvolvimento.


Compartilhe