Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como usar o Chrome OS Flex a partir de um pendrive

Como usar o Chrome OS Flex a partir de um pendrive

Compartilhe

É possível utilizar o Chrome OS Flex sem ter a obrigação de instalar o sistema operacional no seu computador. Para isso, basta executar o sistema operacional em um pendrive, tal e como muitos de nós já fizemos com o Linux.

O Chrome OS foi apresentado pelo Google em 2011, e de lá para cá evoluiu muito em diversos aspectos. Ele caiu no gosto de muitos usuários porque não precisava de um equipamento com muitos recursos de hardware para funcionar bem, entregando o acesso à web de forma prática e simplificada.

Agora, você vai aprender como é possível rodar o Chrome OS Flex em qualquer notebook compatível, executando o sistema operacional a partir de uma unidade USB e dispensando a instalação do software no equipamento.

 

Criando um pendrive de inicialização com o Chrome OS Flex

Antes de qualquer coisa, é preciso criar um pendrive de inicialização com o Chrome OS Flex. Isso pode ser feito instalando em seu computador o Utilitário de Recuperação do Chromebook ou realizar o download dos arquivos de imagem do sistema operacional para criar o dispositivo USB via Rufus.

Para criar um pendrive de inicialização do Chrome OS Flex, faça o seguinte:

  1. Inicie qualquer navegador da web e acesse o site oficial do Chromium Dash.
  2. Clique em qualquer versão listada na coluna Imagens de recuperação para iniciar o download do arquivo de imagem que será armazenado no seu computador.
  3. Assim que o download terminar, realize a descompactação do arquivo que acabou de ser salvo no seu computador.
  4. Abra de novo o seu navegador da web e acesse a página oficial de download do Rufus para salvar o programa no seu computador.
  5. Execute o Rufus com privilégios de administrador, e na lista suspensa Dispositivo para selecionar a unidade USB.
  6. Em seguida, clique em Selecionar para adicionar o arquivo de imagem do Chrome OS Flex. Certifique-se de clicar em Todos os arquivos para localizar o arquivo BIN que você salvou no armazenamento interno do computador.
  7. Selecione o arquivo de imagem e clique em Abrir para adicioná-lo ao Rufus.
  8. Pressione o botão Iniciar para criar uma unidade de inicialização. Clique em OK quando aparecer um aviso de limpeza de dados da unidade selecionada. Aguarde a conclusão do processo.
  9. Clique em Fechar para encerrar o procedimento.

 

Utilizando a unidade de inicialização do Chrome OS Flex

Com o pendrive de inicialização criado, é hora de colocar o Chrome OS Flex para funcionar no seu notebook.

Ao executar a reinicialização do seu equipamento, faça o seguinte:

  1. Pressione F10 para entrar no menu de inicialização do seu notebook. Em alguns computadores, essa tecla é Esc, F2 ou F12.
  2. Altere a inicialização para colocar a unidade USB como a primeira a ser acessada durante o boot do equipamento.
  3. Na próxima reinicialização, vai aparecer o logotipo do Chrome OS Flex piscando na tela, com a mensagem de boas-vindas. Então, clique em Iniciar para entrar nas Configurações do sistema.
  4. Selecione a opção Experimente primeiro e clique no botão Avançar.
  5. Agora, você precisa conectar o seu notebook a uma rede WiFi disponível;
  6. Uma vez conectado à Internet, desmarque a opção de envio de dados de diagnóstico ao Google presente na janela de termos de serviços.
  7. Clicamos em Aceitar para avançar no processo.
  8. Neste momento, escolha o tipo de usuário no Chrome OS Flex. Não marque convidado, pois é uma opção muito ruim.
  9. Use uma conta do Gmail para fazer o login.
  10. Mantemos as configurações de sincronização padrão e clique em Aceitar para avançar.
  11. Desmarque a opção de coleta de dados de hardware e clique em Aceitar.
  12. Ignore as opções Google Assistant e Conectar ao seu telefone.
  13. Selecione um tema de exibição e clique em avançar.
  14. Por fim, clique em Iniciar para entrar na área de trabalho do Chrome OS Flex, aguardando um pouco o carregamento dos aplicativos e arquivos.

Compartilhe