Como saber se uma TV cumpre com a certificação 8K | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como saber se uma TV cumpre com a certificação 8K | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como saber se uma TV cumpre com a certificação 8K

Como saber se uma TV cumpre com a certificação 8K

Compartilhe

Novas tecnologias sempre geram dúvidas nos consumidores, ainda mais quando em um mesmo segmento de produto podemos encontrar preços tão diferentes, como acontece no caso das TVs. Uma boa TV oferece uma boa qualidade de imagem, mas algumas associações que, mediante certificações, podem ajudar na identificação de produtos que cumprem com os requisitos que se espera deles. Testemunhamos isso com as TVs 4K e o mesmo volta a acontecer com as TVs 8K.

As primeiras TVs 4K que chegaram ao mercado não cumpriram com algumas das características que hoje entendemos como básicas. Por exemplo, contavam com conectores HDMI antigos, que não entregavam o mínimo para reproduzir o conteúdo 4K como se deve. Aconteceu exatamente o mesmo com o conteúdo HDR, e agora volta a acontecer com as TVs 8K. E se você optar por essa tecnologia, é preciso conhecer quais são os requisitos que devem cumprir para oferecer um 8K real.

 

 

As certificações para o 8K real

 

 

Existem algumas associações que ajudam a definir as características que devem oferecer uma TV para entregar o 8K real. E uma das primeiras associações a fazer isso foi a CTA (Consumer Technology Association).

De acordo com a CTA, uma TV 8K real deve cumprir com as seguintes características:

– Ter pelo menos 33 milhões de pixels ativos e uma resolução de 7.680 x 4.320 pixels dentro de uma janela visível com formato 16:9.
– Contar com pelo menos uma entrada HDMI com suporte a resolução 8K, profundidade de 10 bits, 24, 30 e 60 taxas de quadros por segundo (25 e 50 em PAL), transferência HDR e colorimetria conforme especificado pela ITU-R BT.2100 e HDCP v2.2. Ou seja, ter pelo menos uma entrada HDMI 2.1.
– Ser capaz de realizar upscalling de vídeos SD, HD e 4K e exibi-lo com uma resolução de tela de 8K UHD.
– E também ser capaz de receber imagens de 10 bits 8K e representar uma imagem que é capaz de responder às mudanças em qualquer um dos 10 bits.

 

Levando tudo isso em consideração, podemos dizer que algumas TV 8K que estão no mercado nesse momento não entregam o 8K real.

Vale a pena destacar que esta certificação indica que as TVs 8K devem ter um CM (Contras de Modulação) mínimo de 50$ para uma resolução vertical de 7.680 pixels em uma célula 1×1 vertical, e as TVs que usam técnicas de representação de subpíxels para melhorar os ângulos de visão não cumprem com este padrão.

Logo, vale a pena dar uma olhada nessas certificações antes de realizar o investimento na sua futura TV 8K. Os parâmetros indicados nesse post com certeza vão ajudar você a realizar a melhor escolha.


Compartilhe