O que é a melatonina e por que usar o smartphone à noite afeta o nosso sono | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O que é a melatonina e por que usar o smartphone à noite afeta o nosso sono | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | O que é a melatonina e por que usar o smartphone à noite afeta o nosso sono

O que é a melatonina e por que usar o smartphone à noite afeta o nosso sono

Compartilhe

Muitas são as pessoas que consultam o smartphone antes de dormir. Vivemos presos a um dispositivo que nos acompanha em qualquer lugar, inclusive em nosso quarto. E você já pensou como o celular afeta a qualidade do nosso sono?

O seu smartphone pode parecer um dispositivo inofensivo, mas você nunca se deu cotne que um dos seus elementos principais, a tela, pode causar grandes problemas na hora de dormir ao emitir um tipo de luz azul ou azul-violeta, com longitude de onda mais curta, que impacta a nossa retina de forma direta, interrompendo e alterando a secreção de melatonina, o hormônio natural interno indutor do sono que se sintetiza quando estamos no escuro.

Esse artigo explica melhor tudo isso, alertando sobre os prejuízos no uso do smartphone antes de dormir.

 

 

O que é a melatonina e para quê serve?

Este hormônio se produz na glândula pineal do cérebro a partir da serotonina (aka ‘o hormônio da felicidade’). A serotonina se sintetiza a partir do aminoácido triptófano, que obtemos através de alimentos como banana, abacaxi, carne de frango, ovos e outros, ou por complementos alimentares vendidos em farmácias.

Ou seja, ter um bom nível de serotonina ajuda na melatonina que, por sua vez, precisa de um bom sono para ser produzida. A produção e liberação de melatonina no cérebro está muito relacionada com a hora do dia, aumentando quando estamos no escuro e diminuindo quando há luz.

A partir dos 30 anos de idade, se reduz a produção de melatonina. Esse cenário fica ainda pior a partir dos 45 anos e, por isso, a insônia aumenta conforme vamos envelhecendo. Com o passar do tempo, se produz uma calcificação da glândula pineal, e a consequência disso é uma diminuição da liberação da melatonina no sangue.

Esse é um processo natural do próprio organismo. Fatores como o uso do smartphone, estresse, viagens com mudança de fuso horário ou trabalho com mudanças de rotina afetam bruscamente na produção da melatonina em qualquer idade e a qualquer momento.

A melatonina não é apenas importante ao ajudar a conciliar o sono e dormir melhor, mas em tudo o que isso implica. A redução do ritmo da oxidação das células desacelera o envelhecimento e fortalece as defesas do corpo. Estudos afirmam que é capaz de prevenir o câncer, enfermidades cardiovasculares ou desacelerar enfermidades imunológicas como a AIDS. Níveis baixos desse hormônio estão associados a sintomas de enfermidades contagiosas por defesas baixas, como resfriados, gripe ou depressão.

 

 

 

A importância em evitar a luz azul

Como mencionamos mais acima, a luz azul do smartphone faz com que a melatonina não atue como deveria, atrapalhando nosso descanso. Na verdade, qualquer fonte de luz artificial pode fazer isso. Todas emitem essa luz azul com maior intensidade em relação a qualquer fonte de luz natural.

Delas, a luz azul-violeta é a que causa danos à visão quando o smartphone é usado pela noite, mas a luz azul-turquesa é a que atrapalha o nosso sono tranquilo.

 

 

Como se proteger a luz azul do smartphone

A melhor forma é não usar o smartphone antes de ir dormir. O conveniente seria deixar de usar o dispositivo uma hora antes de ir para a cama. Mas se você não consegue evitar por qualquer motivo, pode usar os filtros de luz azul no iOS e Android, onde o software ajusta automaticamente as cores da tela ao extremo mais cálido do espectro.

No iOS, o recurso se chama Night Shift, e pode ser localizado em Ajustes > Tela > Brilho. Você pode programar a sua ativação em uma hora determinada e a temperatura de cores. No Android, tem um recurso similar em Ajustes > Tela > Luz Noturna, que também pode ter a sua hora de ativação programada pelo usuário.

Outra opção é recorrer ao modo escuro, cada vez mais popular entre os usuários de tecnologia. Basicamente o modo coloca tudo em cor negro para reduzir a fadiga visual e economizar bateria. É o melhor modo para usar durante a noite, pois evita que o fundo branco e brilhante atrapalhe no meio da escuridão.

Você pode ativar o modo escuro no iOS também em Ajustes > Tela > Brilho. Basta selecionar esse modo para que o mesmo seja padrão. Já o Android 10 está inaugurando esse modo escuro na sua interface, que pode ser ativado em Ajustes ou Configurações > Tela > Tema, e então você pode selecionar esse modo. Nem todos os equipamentos com Android 9 Pie contam com esse modo, mas se você tem um dispositivo com Android One ou Android Go baseado no Android 10, você vai ter esse modo de forma nativa.


Compartilhe