Compartilhe

Com o passar do tempo, a bateria do seu smartphone vai perdendo sua capacidade, algo normal e inevitável. Mas você pode monitorizar a saúde da bateria para postergar o momento da troca.

Nesse post, vamos explicar como as baterias perdem sua capacidade, com você pode verificar o seu status e outros procedimentos para monitorizar a saúde da bateria.

 

 

Como as baterias perdem capacidade?

Quando você faz uma carga de bateria que está abaixo dos 70%, um ciclo de carga se inicia. Em média, fazemos 360 ciclos de recarga por ano. Entre 300 e 500 ciclos começa a degradação e a queda de desempenho da bateria.

Ou seja, depois do primeiro ano de uso, a bateria do smartphone passa a perder a sua capacidade, o que torna os ciclos de carga mais rápidos, e a degradação da bateria naturalmente acelera.

Porém, os efeitos podem variar muito para cada dispositivo, em função da constituição e capacidades diferentes, sem falar no uso que podem variar. Logo, nada que está aqui é uma verdade categórica, mas é um ponto de partida que serve como referência.

A pior parte é que não há muito o que fazer para evitar o desgaste da bateria. Quando ela se deteriora demais, só resta a troca do dispositivo ou a troca da bateria. A seguir, você verá como é possível ao menos controlar a saúde da bateria com um aplicativo simples.

Outra coisa a se ter em mente é que os fabricantes pensam em evitar os danos que as baterias podem provocar. Sistemas para desligar o telefone antes do nível de bateria chegar a zero, ou desligar os circuitos na recarga em 100% são adotados de forma mais frequente.

 

 

Como monitorar a saúde da bateria

Para isso, você vai usar o aplicativo CPU-Z, muito conhecido dos usuários avançados. Ele está disponível na Google Play.

O aplicativo é de uso bem simples. Basta você navegar entre as opções da aba superior até chegar no item Battery (quarto item da fila). Nessa tela, procure pelo item Health. Se você vê a indicação GOOD, significa que a bateria está em boas condições de acordo com os termos do fabricante.

Mas isso não quer dizer que tal status vai durar para sempre. Apps instalados e em execução, falhas em aplicativos ou o próprio sistema operacional podem promover um maior consumo de bateria.

O CPU-Z reflete o número de ciclos completos de carga do seu smarpthone, e o GOOD significa que a quantidade máxima estipulada pelo fabricante não foi superada. Quando isso acontece, o status de bateria vai mudar.

Na Google Play Store, você pode encontrar vários aplicativos que prometem otimizar a sua bateria. Evite o uso desses aplicativos, pois a maioria só oferece modos de economia de bateria mais agressivos, algo que a maioria dos smartphones já inclui de série. Não perca tempo com esses apps, pois eles não vão melhorar a qualidade da sua bateria.


Compartilhe