Vários veículos de tecnologia falaram sobre uma possível manipulação no ranking de podcasts da Apple. Nas primeiras posições em alguns países, apareciam podcasts de agências imobiliárias ou negócios particulares, algo muito pouco comum.

Uma investigação realizada pelo site Chartable mostra como o ranking de podcasts pode ser facilmente manipulável, apesar dos aparentes esforços da Apple para prevenir e corrigir o problema.

Eles usaram como exemplo o Bulletproof Real Estate Podcast. O programa estreou em novembro de 2017, mas só em 30 de setembro de 2018 que ele apareceu na lista de podcasts mais escutados (posição 218). De lá para cá, o seu crescimento foi simplesmente meteórico, e em 7 de outubro de 2018, alcançou a primeira posição da lista.

Não só isso. Ao longo da última semana, alguns dos programas que estavam nas primeiras posições caíram na lista. Exemplo: o The Joe Rogan Experience passou da quinta posição para a 76a posição, a mais baixa de sua história.

O Bulletproof Real Estate ficou na primeira posição por pouco mais de um dia, até que a Apple entrou em ação, e sua classificação voltou ao normal.

 

 

O que realmente aconteceu?

 

A Apple não revela como faz o cálculo do ranking de podcasts, mas há quem diga que se baseiam no número total de novos inscritos nos últimos sete dias, considerando uma média ponderada de inscrições nas últimas 24, 48 e 72 horas.

Porém, a Apple informa quais podcasts estão relacionados entre si mediante assinaturas. Cada podcast na plataforma da Apple inclui um segmento de programas recomendados, e no caso do Bulletproof Real State, todas as recomendações são da Warrior Empire, uma rede de podcasts que teve movimentos atípicos na mesma época.

Não só isso: se acessamos um desses programas, as recomendações são as mesmas dentro da mesma rede. Ou seja, os programas da Warrior Empire ficam “se recomendando”.

Isso resultou em um mapa de recomendações de podcasts criado pela Chartable, que você confere a seguir:

 

 

O mapa mostra como os podcasts ficam se recomendando dentro de um mesmo universo. Não há recomendações de podcasts que estão nas primeiras posições da lista, e isso é algo muito suspeito.

A conclusão da Chartable é que muito provavelmente os podcasts que apareceram de repente nas primeiras posições da lista contam com assinaturas artificiais. E esta seria a tática para colocar um determinado podcast no topo das listas da Apple sem maiores dificuldades.

Se confirmada a estratégia, isso pode ser um problema enorme para Apple, que precisa ser solucionado o quanto antes e de forma definitiva.

 

Via Chartable