Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Como enviar fotos que se autodestruem no WhatsApp depois de visualizadas

Como enviar fotos que se autodestruem no WhatsApp depois de visualizadas

Compartilhe

Está chegando a hora de reforçar ainda mais a sua privacidade no WhatsApp. Os usuários da versão beta do aplicativo de mensagens mais popular do planeta já contam com o recurso que permite o compartilhamento de fotos e vídeos que se autodestroem tão logo a outra pessoa na conversa consegue visualizar esse conteúdo.

É um avanço gigantesco em relação ao atual modo de privacidade, que só elimina automaticamente o conteúdo depois de sete dias de publicação ou compartilhamento do mesmo. E isso é tempo de sobra para qualquer pessoa fazer o que quiser com a informação recebida.

Neste post, vamos mostrar como esse futuro recurso vai funcionar.

 

 

 

Como funciona o recurso

 

 

Pelo menos por enquanto, a nova funcionalidade só está disponível para os usuários do WhatsApp Beta e, ainda assim, não vale para todas as contas. Ela aparece na função “Fotos e vídeos que só podem ser vistos uma vez”, ou seja, após o conteúdo ser recebido, o usuário destinatário só pode visualizá-lo uma vez antes que ele desapareça do seu smartphone.

A mensagem com a foto ou vídeo enviado contará com um “1”, e não ficará armazenado na galeria do smartphone. Para usar o recurso, é preciso seguir os passos abaixo:

  • Atualize seu WhatsApp para a versão beta mais recente. Lembre-se de que nem todas as contas têm a função ativa.
  • Acesse qualquer um dos chats ou crie um novo. Você não precisa habilitar mensagens temporárias, fotos e vídeos podem se autodestruir de forma independente.
  • Selecione uma foto ou vídeo para compartilhar na conversa. Se você ativou a novidade , verá que um “1” aparece na caixa de texto. Clique na caixa de texto.

 

  • Depois de enviar a foto ou o vídeo, a outra pessoa (ou grupo) verá o indicador “1” na mensagem. Assim que você pressionar para visualizá-lo, o conteúdo desaparecerá do seu telefone.
  • As fotos ou vídeos não são salvos nos telefones que recebem o conteúdo, mas podem fazer uma captura de tela (ou gravação). Lembre-se disso sempre que quiser compartilhar conteúdo sensível.

 

 

 

Os conteúdos vão desaparecer, mas não evitam a captura de tela

A função do envio de conteúdos em fotos e vídeos que se autodestroem no WhatsApp é algo muito bem vindo, e reforçamos que será muito melhor do que os sete dias de janela de tempo do recurso atual.

Por outro lado, ele ainda precisa corrigir uma brecha que pode ser relevante o suficiente para não resguardar a privacidade dos usuários, já que pelo menos por enquanto não existe nenhum recurso que impeça que o receptor da mensagem realize capturas de tela do conteúdo recebido por esse método via WhatsApp.

Vamos ver como o time do WhatsApp vai implementar essa funcionalidade dentro da plataforma. De qualquer forma, este é um grande avanço que, com toda certeza, será muito apreciado pelos usuários. Afinal de contas, todo mundo merece um pouco mais de segurança e privacidade na hora de compartilhar conteúdos sensíveis pela internet.

E você sabe do que eu estou falando. E… não… eu não estou falando de fotos de gatinhos, mensagens de bom dia ou frases de reflexão e sabedoria.

Entende?

 

 

Via Xakatamovil


Compartilhe