TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como a Samsung conseguiu vencer durante a crise dos processadores? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Como a Samsung conseguiu vencer durante a crise dos processadores?

Como a Samsung conseguiu vencer durante a crise dos processadores?

Compartilhe

A crise da escassez de chips para eletrônicos já dura vários meses, e os fabricantes de smartphones estão entre os mais prejudicados. Com exceção da Samsung, que conseguiu se aproveitar muito bem dessa situação.

A Samsung conseguiu a proeza de obter lucros no segmento de smartphones em 2021, e quem conhece a empresa em profundidade não está surpresa com isso.

Mas como a maioria dos leitores precisa ser esclarecida sobre o que aconteceu aqui para entender melhor esses movimentos, vamos mostrar neste post como a Samsung conseguiu obter lucros no segmento de telefonia em um 2021 marcado por uma crise em todo o mercado de eletrônicos.

 

 

 

Ela é a provadora principal de muita gente

A Samsung fabrica diversos dispositivos tecnológicos e também os chips e processadores de muitos produtos de várias marcas.

Ao longo do terceiro trimestre de 2021, a marca alcançou um crescimento de 40% em comparação com o mesmo período do ano passado nas vendas de chips para outros fabricantes. Isso mostra a dependência das marcas em relação à Samsung em aspectos específicos dos seus produtos.

O resultado disso? Não apenas um aumento nas vendas dos componentes, mas uma receita 10,5% maior em relação ao ano anterior, também por causa dos royalties obtidos pelas parcerias estabelecidas para fornecimento e comercialização de chips.

 

 

 

E podia ser ainda melhor

Não dá para dizer que tudo foi flores em 2021 para nenhum fabricante de tecnologia. Até porque não foi, pois ainda estamos sentindo os efeitos da crise que atingiu o planeta inteiro em 2020.

Por conta disso, os resultados financeiros da Samsung não foram tão bons quanto poderiam ser. Na fabricação de smartphones, a empresa também sentiu de alguma forma os efeitos da escassez de semicondutores.

Mesmo com os seus novos smartphones dobráveis alcançando recordes de vendas, a Samsung não superou a sua marca de telefones vendidos alcançada no terceiro trimestre de 2020, ficando na casa das 72 milhões de unidades vendidas, contra 80,4 milhões alcançadas no ano anterior.

Não é uma queda muito significativa, mas mostra claramente que estamos enfrentando um período ainda muito complicado dentro do segmento de tecnologia.

É importante considerar que, no ano passado, muitas pessoas decidiram trocar de smartphone para trabalhar ou estudar em casa. Além disso, para muita gente, 2021 foi um ano de grandes dificuldades financeiras, o que torna mais difícil a compra de um telefone novo.

 

 

 

A Samsung não vive apenas de processadores e smartphones

Não podemos nos esquecer também que a Samsung é uma gigante que está em diferentes segmentos de eletrônicos, o que rende para a empresa ganhos substanciais. E dentro do setor de telefonia móvel, ela também fornece outros componentes relevantes para diferentes empresas.

O caso mais clássico está no fornecimento das telas OLED que a Samsung fabrica para o iPhone 13 da Apple. Ou seja, se esse smartphone for um campeão de vendas, os coreanos também lucram com isso.

No final das contas, a Samsung é uma empresa autossuficiente, que se mantém sólida no mercado principalmente por causa da demanda dos seus clientes. E não falo apenas do consumidor final. Falo também de suas concorrentes.

Assim, os lucros da empresa seguem estáveis e sem perdas.

Gostaria de ser como a Samsung na vida…


Compartilhe