Quando decidimos ir para o Linux, é normal escolher o Ubuntu. Porém, o mundo vai além, e nesse post, apresentamos algumas variantes que, da sua forma, adicionam valor sobre a base estabelecida pelo sistema da Canonical.

 

 

1. Linux Mint, perfeito para os iniciantes

 

 

A melhor opção para começar. Leve, estável e sólido, está focado na facilidade de uso, especialmente para quem saltou do Windows recentemente. O desktop Cinamon é amigável e é mantido pelos desenvolvedores do projeto de forma direta.

 

Características:

– Sistema de cópias de segurança automático e transparente
– Baseado no Ubuntu LTS com suporte de até cinco anos
– Se vem do Windows, tudo fica mais fácil

Download | Linux Mint 19 Tara

 

 

2. Zorin OS, o que dá boas vindas para os usuários do Windows

 

 

Uma distribuição com desktop clássico e configuração out of the box, com aplicativos, codecs e outras adições incluídas de série. É o Linux Mint, mas mais próximo da filosofia do Windows. Está disponível em várias versões (incluindo a mais completa, que é paga). Comece pelo Zorin OS Core e adicione apenas o que você realmente precisa.

 

Características:

– ‘Look and feel’ estilo Windows
– Pré-configurado para os jogos sem complicações (incluindo jogos do Windows com a ajuda do Wine)
– Suporte a longo prazo, o que é ótimo para os mais produtivos

Download | Zorin OS

 

 

3. Pop!_OS, a distribuição do System76

 

 

Usa a interface GNOME e vem com uma boa seleção de softwares ‘de série’, apostando no AppCenter para download simples de aplicativos, além de versão dedicada para hardware NVIDIA. É pensado especialmente para equipamentos System76, mas funciona em qualquer equipamento com configuração padrão. É uma solução estável e que não exige apenas manutenção.

 

Características:

– Menos software de série que o Ubuntu e mais ordenado
– Atualizações maiores a cada seis meses sem a necessidade de reinstalação
– Interface gráfica bem cuidada e amigável, com estilo próprio

Download | Pop!_OS

 

 

4. Elementary OS, o que entrega o essencial

 

 

Fantástico para quem vem do Windows ou macOS, e quer uma transição para o Linux mais tranquila. É rápido, simples, de fácil manutenção e seleção de aplicativos bem cuidada. Sobrevive da doação de usuários, com a filosofia do ‘está pronto quando está pronto’. Não promove grandes revoluções, e cuida de uma evolução segura. Por outro lado, carece de grandes novidades, não sendo a melhor opção para quem sempre quer está atualizado.

 

Características:

– Um design bem definido
– Excelente seleção de aplicativos
– Baseado no Ubuntu LTS

Download | Elementary OS

 

 

5. Kubuntu, para começar no Linux com o pé direito

 

 

É baseado no Ubuntu 18.04 LTS (na sua última versão), e deve ser levado em consideração para quem busca um suporte a longo prazo, além de um ambiente de desktop clássico padrão, mas muito potente, leve e estável. Troca o GNOME pelo KDE como ambiente gráfico, sendo mais amigável para quem veio do Windows, além de várias possibilidades de personalizações.

 

Características:

– Leve, inclusive nos equipamentos antigos
– Completo e configurável
– Muitos aplicativos nativos de qualidade que estão no KDE

Download | Kubuntu