Biometria via polegar, uma chave que você nunca perde | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Biometria via polegar, uma chave que você nunca perde | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tecnologia | Biometria via polegar, uma chave que você nunca perde

Biometria via polegar, uma chave que você nunca perde

Compartilhe

A autenticação biométrica é um claro exemplo de como a tecnologia pode ser utilizada para reforçar a nossa segurança. A biometria em si é a ciência que estuda os dados biológicos, e com esse princípio foram criados sistemas de identificação através da análise das características do corpo humano.

DNA, digitais, rosto, íris e retina do olho… Todas essas são assinaturas únicas do nosso corpo, e os sistemas de reconhecimento através da biometria se popularizaram sob o argumento de aumentar a segurança e a comodidade do usuário.

Hoje, a biometria está em quase todo lugar, e entrega uma série de vantagens. Um método pioneiro e ainda um dos mais usados é o da leitura de digitais, que são sulcos muito sutis na parte superior dos nossos dedos, onde o suor é armazenado. O restante do suor é o que forma a digital, que fica impregnada quando colocamos o dedo na superfície, que é o que permite a sua análise.

As digitais são únicas, o que torna o seu uso algo muito preciso e seguro, inclusive entre os gêmeos. Não há repetição de padrão da digital e, por isso, é através dela que podemos identificar um indivíduo.

 

 

Pessoal e intransferível

Milhões de pessoas perdem documentos de identidade, cartões de identificação ou as chaves de casa. Com um sistema de controle de acesso biométrico, esses problemas simplesmente desaparecem, pois as nossas digitais sempre nos acompanham.

Sem falar que, obviamente, uma digital é intransferível, o que garante que esse é um cadastro único e vitalício.

 

 

Como funciona um controle de acesso biométrico?

Os dispositivos normalmente usam um leitor de escâner, um software par analisar os dados escaneados e uma forma de comparar os pontos coincidentes via software, utilizando uma base de dados. Tudo é encriptado para evitar roubos de identidade.

O processo interno funciona da seguinte forma:

– A informação biométrica é convertida por um software que identifica os pontos de coincidência.
– Tudo é adicionado em uma base de dados e processados usando um algoritmo que os transforma em valores numéricos.
– Os dados biométricos adicionados pela digital da pessoa é comparada com essa base de dados, para assim determinar se o acesso é autorizado ou negado.

 

 

O uso expandido dos controles biométricos

Tal solução está hoje em áreas que vão além de oferecer um acesso aos recintos privados e públicos. No âmbito empresarial, ele pode registrar os horários de chegada e saída dos funcionários, facilitando o trabalho administrativo na elaboração de normas e regras.

Também é utilizado como sistema de informação para acesso de caixas fortes, além de aumentar a segurança dos cartões de crédito e de diversas movimentações financeiras.


Compartilhe