Compartilhe

O Apple TV+, plataforma de streaming de vídeo da Apple, foi apresentada oficialmente lá atrás, mas pouco foi dito sobre o seu futuro. Só era sabido que era uma plataforma para competir com a Netflix, HBO, Disney+, Amazon e outras. Seu diferencial? É exclusiva para dispositivos Apple.

Por fim, o evento de apresentação do novo iPhone 11 serviu para apresentar as informações finais sobre o Apple TV+. Confirmando novamente a presença de séries com Jennifer Aniston, Reese Witherspoon, Jason Momoa ou com títulos dirigidos e produzidos por Steven Spielberg ou M. Night Shyamalan. Ah, e um presentinho para os usuários fiéis aos novos lançamentos da empresa.

 

 

Um mês de testes, e um ano de graça para os compradores do iPhone 11

 

 

Tim Cook confirmou que o Apple TV+ estreia em 1º de novembro. Não confirmou em quais países será lançado, mas mencionou que estará disponível em mais de 100 países em todo o mundo. Confiamos que os principais mercados da empresa estejam entre eles e, dessa vez, o Brasil.

Além de confirmar a data de lançamento, Cook revelou o preço da mensalidade do Apple TV+. O serviço de streaming de vídeos da Apple para seus dispositivos custará apenas US$ 4,99 por mês. O preço para o Brasil não foi revelado. Este é o valor do plano familiar. Portanto, qualquer pessoa que faça parte de nossa família em nosso ecossistema Apple pode acessar uma única assinatura.

Mas Cook precisava ter uma carta escondida na manga.

E essa carta veio na forma de um ano de assinatura de graça para os compradores de qualquer um dos três modelos de iPhone que a Apple apresentou hoje. Obviamente, você recebe mês de teste gratuito antes de decidir se paga ou não pelo serviço, embora os novos compradores de iPhones não precisem tomar essa decisão. Para eles, haverá um ano do serviço com custo zero.

As ações da Netflix devem despencar depois desse anúncio.

 

Via Apple


Compartilhe