A Apple apresentou os seus novos fones de ouvido 100% sem fio pensados nos esportistas: o Apple Powerbeats Pro da Beats by Dre. Os novos fones oferecem autonomia maior, contam com porta Lightning, são compatíveis com o Siri e possui heranças diretas do AirPods. E, por serem os primeiros fones da Beats totalmente sem fio, são bem caros.

 

 

AirPods para esportistas

 

 

Os novos fones seguem o mesmo esquema do AirPods. Contam com caixa de recarga que é recarregada com um carregador Lightning, que acaba recarregando o Apple Powerbeats Pro dentro dele. E sua estética tem claro foco para os esportistas.

O produto conta com o chip H1 da Apple, ofercendo melhor conectividade com outros dispositivos, e sua autonomia de bateria prometida é de até 9 horas de uso. Com o estojo, essa autonomia sobe para até 24 horas, com modo de recarga rápida (90 minutos de música com apenas cinco minutos de recarga, ou 4,5 horas com 15 minutos de recarga). Além disso, é compatível com o Siri, assistente virtual da Apple.

Seu design é claramente focado ao uso durante os esportes. Uma auréola de couro fará com que os fones fiquem presos à nossa orelha, e o seu corpo amplo ajuda na estabilidade dos fones na orelha, permitindo a inclusão de uma bateria maior. Temos também botões integrados para controlar o conteúdo multimídia reproduzido pelo Apple Powerbeats Pro.

 

 

O Apple Powerbeats Pro está disponível em várias cores, e por ter uma autonomia de bateria maior do que os AirPods e melhores configurações que a geração anterior do mesmo produto, o seu preço é consideravelmente mais caro: 250 euros, ou US$ 250.

No Brasil, o produto já está disponível, e custa R$ 2.149. Ou seja, bem mais caro do que já muito caro AirPods. Por outro lado, imagino que os usuários premium que querem um acessório de alta qualidade para as suas atividades esportivas (e já são usuários dos produtos da Apple ou da Beats by Dre) não vão olhar muito para o preço.