Onde você estava em 1984?

Muitos de vocês que estão lendo esse blog sequer existiam, e talvez os seus pais nem se conheciam. Mas eu estava lá em 1984. Eu era bem pequeno, mas me lembro do tal do Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano da NFL.

Em 1984, nem a Apple, nem Steve Jobs eram tão grandes como são agora, mas ambos sabiam que este era um ano importante para a empresa. Naquela época, os keynotes já existiam, e eram eventos importantes para as empresas de tecnologia que queriam apresentar as suas novidades.

Em 1984, o MacIntosh (ou Mac, para os mais íntimos) foi apresentado ao mundo. Mas essa apresentação não foi feita de qualquer forma. A apresentação ocorreu através de um mítico comercial com o nome Big Brother, dirigido por Ridley Scott e exibido durante os intervalos comerciais do Super Bowl daquele ano.

O comercial foi impactante, e colocou todo mundo no clima para a apresentação de um produto que, no dia seguinte, quando oficialmente apresentado por Steve Jobs em um keynote tradicional, chamou a atenção de todos pela sua proposta de revolucionar o mundo. E ele quase conseguiu.

O Mac foi um conceito de computador pessoal que conquistou muita gente, mas que ficou eclipsado pelos PCs com Windows, uma vez que Bill Gates soube trabalhar com as peças do jogo a seu favor. Mesmo assim, o Mac é um produto importante demais para ser ignorado no seu aniversário de 35 anos de lançamento.

Tudo bem, muitos de vocês podem ter conhecido a Apple por causa do iPhone e de outros produtos como o iPad ou o iPod (especialmente quem nasceu de 2000 para frente). Mesmo assim, o MacIntosh é um produto icônico, que ajudou a definir as bases de identidade de uma das empresas mais emblemáticas do mundo da tecnologia.

Logo… recordar é viver.