Compartilhe

A Motorola mais uma vez não consegue guardar bem os seus segredos. Ou faz isso de propósito, para gerar o hype entre os fãs. De qualquer forma, mais uma vez, todos os detalhes de um lançamento da empresa chegaram por completo na internet antes do anúncio oficial. Dessa vez, aconteceu com o Moto G7.

De forma acidental (presumidamente), a Motorola publicou todos os detalhes dos seus novos smartphones em seu site oficial, semanas antes do evento de lançamento dos dispositivos (marcado para o dia 7 de fevereiro). As páginas já foram removidas, mas você sabe bem como a internet funciona, certo? #prints

Vários rumores e vazamentos prévios foram confirmados com os dados vazados. Ao que tudo indica, os novos modelos terão dificuldades com a concorrência, a não ser que os preços sejam surpreendentes.

No design, todos os quatro modelos (Moto G7, Moto G7 Plus, Moto G7 Play e Moto G7 Power) são muito semelhantes, com as principais diferenças sendo a presença de um notch em forma de gota nos modelos G7 e G7 Plus, enquanto que os outros dois modelos contam com um notch tradicional.

 

 

Nos quatro modelos temos telas com bordas laterais bem finas, mas uma margem inferior bem mais grossa. E, embora os modelos sejam muito semelhantes, as diferenças são mais que suficientes para que os dispositivos sejam identificados individualmente. No caso do Motorola Moto G7 Plus, ele recebe o melhor processador, o Snapdragon 636, enquanto que os demais modelos chegam com o Snapdragon 632.

O Moto G7 Play é o mais modesto de todos e possui a menor tela (5.7 polegadas), enquanto que os demais modelos ficam com telas de 6.2 polegadas.

Nas câmeras, também encontramos várias diferenças. O Moto G7 (16 MP + 5 MP) e o Moto G7 Plus (12 MP + 5 MP) são os que apresenta as melhores especificações de hardware. Enquanto que o Moto G7 Play (13 MP) e o Moto G7 Power (12 MP) contam com capacidades mais modestas. Nas selfies, todos recebem um sensor frontal de 8 MP.

Os quatro novos smartphones da Motorola contarão com o Android Pie e bateria de 3.000 mAh, com exceção do Moto G7 Power, que recebe uma generosa bateria de 5.000 mAh.

Preços não foram revelados, e esta é a última surpresa (e ainda assim parcial) que ficou para ser revelada no dia 7 de fevereiro. Só nesse dia saberemos se a família Moto G7 é atraente mesmo, ou se está destinada a ser um fiasco comercial.


Compartilhe