Compartilhe

O que você estava fazendo em 2005?

Eu ainda não tinha o TargetHD.net, e alguns de vocês sequer eram nascidos ou tinham saído das fraldas. O mundo era bem diferente em 2005: a Nokia dominava o mercado de telefonia móvel, The Office era uma série de TV muito popular, e ter um notebook em casa era algo exclusivo para os ricos, poderosos e/ou grandes profissionais de tecnologia.

Porém, com a crise global de 2008, o nascimento do Facebook, a chegada do Android e do iPhone e o lançamento do TargetHD.net promoveram muitas mudanças no setor tecnológico. E todas essas mudanças estão mais que materializadas em 2020, onde as empresas desse setor estão simplesmente arrasando entre as mais valiosas do mundo, deixando para trás outras forças dominantes da economia, como bancos e financeiras, distribuidoras ou petrolíferas.

 

 

 

Silicon Valley e China mandam no dinheiro do mundo

 

 

Entre 2005 e 2020, só existe um nome em comum: Microsoft.

A gigante de Redmond foi a única empresa que estava na lista das mais lucrativas do mundo e que permanece nessa lista, mesmo com o avanço de outras empresas e com as pessoas usando menos os computadores com o passar do tempo. As protagonistas entre as maiores empresas do mundo em 2005 eram, na sua maioria, empresas petrolíferas.

Em 2020, o mesmo Top 8 é composto por sete gigantes da tecnologia e uma única petroleira, e nem é uma empresa norte-americana ou europeia: é uma petrolífera da Arábia Saudita, país que praticamente manda na cotação do petróleo no mundo (algo que Donald Trump detesta, por sinal).

A Apple é a empresa mais valiosa do mundo, com US$ 2.16 bilhões. Mas vamos colocar esses números em uma perspectiva mais palpável para todos: a Apple é, nesse momento, sozinha, mais valiosa que as outras sete empresas desse Top 8 mais valiosas do mundo… juntas!

Já informamos sobre esse feito histórico da Apple aqui no blog, e uma das melhores comparações que podemos fazer com essa fortuna da gigante de Mountain View é a informação que o seu valor de mercado é maior que o PIB do Brasil em 2019, posicionando a empresa como a nona economia do mundo. Algo simplesmente impressionante e, ao mesmo tempo, que nos faz pensar em muitas coisas.

 

 

O restante do Top 8 é formado por (nessa ordem): Google/Alphabet, Amazon, Facebook, Microsoft, Alibaba e Tencent. O Top 7 de tecnologia (Apple + as demais mencionadas nesse parágrafo) conta hoje com nada menos que US$ 11 bilhões de valor de mercado combinado.

 

 

 

What If…?

 

 

É fácil olhar para os números e constatar o quanto essas empresas de tecnologia cresceram. De fato, independente das posições que elas ocupam no ranking, o crescimento de cada uma delas foi algo simplesmente impressionante.

Agora, se você não quer sentir uma dor aguda no fundo do peito, é melhor não pensar no que teria acontecido com a sua vida se você tivesse feito um pequeno investimento em algumas dessas empresas em 2005. Lembrando que, com exceção da Microsoft, nenhuma delas estava no ranking de maior valor de mercado.

Bom, alguém decidiu fazer esse cálculo raso, considerando um investimento de 1.000 euros em cada uma dessas empresas de tecnologia em 1 de janeiro de 2005. E digo desde já que comigo não aconteceria nada, porque eu não tinha esse dinheiro em 2005 (aliás, não tenho esse dinheiro hoje…).

Facebook: 7.651 euros (realizando um investimento inicial de 1.000 euros em 18 de maio de 2012, data em que a rede social saiu à bolsa)
Microsoft: 8.766 euros
Alphabet: 16.850 euros
Amazon: 81.350 euros
Apple: 101.327 euros
Tencent: 575.000 euros

 

 

Via Statista


Compartilhe