Usuários do iPhone X reclamam de bateria que está chegando no limite

Compartilhe

De novo, Apple?

Entra ano, sai ano, e os usuários do iPhone seguem reclamando da autonomia de bateria dos seus caros smartphones. Recentemente, um número cada vez maior de usuários do iPhone X estão reclamando que a bateria do dispositivo está chegando em um limite crítico, com alertas do iOS recomendando a sua substituição.

 

 

Um sucesso de vendas que já está perdendo as forças

O iPhone X foi lançado em 2017, e é um dos grandes sucessos da Apple. Mas a vida útil de sua bateria parece ser bem limitada, pois segundo a empresa essa bateria consegue reter até 80% de sua capacidade de carga original em 500 ciclos de carga em condições normais.

A garantia de um ano oferecida para o iPhone X inclui a cobertura de serviços de manutenção para baterias defeituosas. Se o produto está fora de garantia, a Apple oferece a assistência técnica para esse problema, mas cobra por isso.

Não é de se estranhar as reclamações dos usuários do Reddit, que alegam que o iOS está avisando sobre um suposto mal estado da bateria. Levando em consideração que muitas pessoas deixam o smartphone recarregando durante a noite, é evidente que, depois de dois anos, muitas unidades do iPhone X já ultrapassaram o limite estabelecido pela Apple para as baterias.

Na verdade, o recomendado pela Apple é a substituição da bateria do iPhone X quando a carga máxima ficar em 80% ou menos. A lógica diz que, depois disso, o smartphone ficará com uma autonomia de bateria menor, mas cruzar esse limite pode resultar em efeitos colaterais, como instabilidade no sistema operacional que pode derivar em um funcionamento ruim do telefone ou até os famigerados desligamentos aleatórios.

E os usuários que começaram a ter problemas estão se deparando com mensagens do iOS que informam justamente isso: que o iPhone desligou de forma repentina porque a bateria não pode entregar a potência máxima necessária, aplicando assim o regime de gerenciamento de desempenho de bateria de forma automática, para evitar problemas semelhantes no futuro.

Para consultar o status da bateria em um iPhone, vá em Ajustes > Bateria > Status da bateria.

 

 

O que fazer nesse caso?

Você até pode reclamar na Apple, pois ter uma bateria que só dura dois anos de autonomia plena é uma sacanagem (mesmo com todas as regras de degradação de autonomia). Porém, como é a gigante de Cupertino que estabelece as regras do jogo (que você aceitou na primeira ativação do iPhone), só resta duas alternativas: ou aceita a queda de desempenho, ou troca de bateria.

Particularmente, se você pensa em trocar de iPhone após os primeiros dois anos (ou até mesmo no terceiro ano), você pode viver bem com um desempenho reduzido por algum tempo. Agora, se o seu trabalho depende de uma autonomia plena e do desempenho máximo (e o upgrade para um novo iPhone vai demorar a chegar), não resta outra alternativa a não ser colocar a mão no bolso e trocar a bateria desgastada por uma nova.

Você até pode não achar justa a solução, mas é o que temos para hoje (ou para os próximos dois anos, para os mais pragmáticos).

 

Via Softpedia


Compartilhe