aplicativos

Todos amamos os smartphones. Para muitos, eles são bem mais do que uma necessidade. Tem gente que não se separa dele nunca. Porém, existe um lado não muito legal nisso: seu telefone e os aplicativos instalados nele te rastreando.

E a caixa de pandora aberta pelas falhas do Spectre e Meltdown deu o sinal de alerta disso.

Talvez essa não é uma novidade para você, mas seu celular tem vários sensores que rastreiam os seus movimentos e localização. Inclusive quem está segurando o telefone. Porém, na teoria, não usam seus dados de forma maliciosa, mas sim para que os apps possam oferecer um melhor serviço de um modo geral.

Não é uma situação confortável. Recentemente, um escândalo envolvendo a OnePlus emergiu, uma vez que os dados dos usuários eram enviados para a base da empresa. Teoricamente, o motivo era para melhorar a experiência de uso, com o compromisso a usar os dados de forma interna e exclusiva.

As políticas da Google são bem claras. Quando você vincula a sua conta do Gmail com o Android, a empresa começa a coletar dados constantemente, de tudo o que você faz e que envolve o smartphone.

E, se você pensa que no iOS as coisas são diferentes, você está enganado. As políticas de privacidade da Apple também citam isso, e esclarecem que coletam as mesmas informações da Google, com a diferença que seus dados são anônimos e, em muitos casos, ficam apenas no seu iPhone, e jamais vai para a Apple. O mesmo acontece com o Face ID: apenas o seu smartphone conhece o seu rosto, com os dados armazenados no seu celular.

Porém, é possível que sue iPhone compartilhe essas informações com outros apps que querem esses dados. E o que falta aqui é apresentar uma política de privacidade clara para isso.

As informações que seus aplicativos coletam depende das permissões concedidas para eles. Essas permissões normalmente aparecerão quando você instala o aplicativo. Para verificar cada uma delas, vá em Ajustes/Configurações > Aplicativos, escolha o aplicativo que você quer e clique em Permissões.

Agora, para saber como os apps usam a informação coletada, leia com atenção a sua política de privacidade. Cada aplicativo tem a sua, que deve estar disponível no menu do aplicativo.