Wetten.com Brasil Apostas
Home » Tecnologia » Tecnologia em desenvolvimento pode enviar senha do WiFi através de uma música

Tecnologia em desenvolvimento pode enviar senha do WiFi através de uma música

Compartilhe

Pesquisadores da Escola Politécnica Federal de Zurich (ETH) desenvolveram uma tecnologia para inserir dados na música e transmitir esses dados para um telefone inteligente. Os dados são imperceptíveis para o ouvido humano, sem afetar a experiência de ouvir a música, com uma quantidade de dados limitada no momento, mas é uma tecnologia muito interessante.

 

 

Você está ouvindo a minha senha do WiFi?

Essa tecnologia apareceu por conta de uma série de mudanças mínimas nas canções para transmitir até 400 bits por segundo, mas em torno de 200 bits pode garantir a qualidade da transmissão. É o equivalente a aproximadamente 25 caracteres, o que é mais que suficiente para uma senha ou URL curta.

Para alcançar o resultado, os investigadores usam as notas dominantes de uma peça musical, “sobrepondo cada uma delas com duas notas levemente mais graves e duas notas levemente mais agudas”, assim como os harmônicos da nota mais forte. Estas notas são as que levam os dados a transferir, e a modificação da canção é tão sutil que ou ouvido humano não percebe, mas um smartphone sim.

Quanto mais dados você quer transferir, mais modificações como as mencionadas antes você terá que fazer na melodia original. Logo, quanto maior a quantidade de dados, mais notável será a diferença para o ouvido humano, o que vai contra ao propósito original, obviamente.

Quando escutamos uma nota forte, não notamos notas mais suaves com uma frequência mais alta ou mais baixa. Assim, é possível usar as notas fortes e dominantes em uma peça musical para ocultar a transferência de dados acústica, sendo nesse caso muito útil o uso da música pop, que tem muitas notas dominantes.

A nova tecnologia ainda não tem um nome comercial, e pode ser interessante para centros comerciais, hotéis ou estabelecimentos onde o usuário pode querer acessar mais informações. Por exemplo, você entra em um hotel e está tocando uma música. Automaticamente, o seu telefone recebe a senha do WiFi, que está pronta para ser copiada e colada nos ajustes do dispositivo.

Por enquanto, a tecnologia é apenas um texto teórico e o algoritmo de decodificação ainda não está disponível. Não há planos de lançamento a médio prazo, mas vamos ficar na torcida.

 

Via ETH Zürich


Compartilhe