Arquivo para a tag: sensor

Samsung Galaxy S6 pode ter o mesmo sensor fotográfico do Note 4

by

650_1000_s6-camara

O site SamMobile levanta a hipótese do Samsung Galaxy S6 contar com um sensor de 16 megapixels (IMX240), o mesmo presente no Galaxy Note 4. Antes era dito que o novo top de linha dos coreanos receberia um sensor de 20 megapixels fabricado pela própria Samsung.

A notícia é excelente, pois a câmera do Galaxy Note 4 é uma das mais elogiadas dos últimos meses. Fontes próximas à Samsung revelam que o IMX240 receberá melhorias na sua integração com o Galaxy S6, com foco no objetivo da câmera como no seu software para capturas.

Um dos focos de atenção foi o comportamento da câmera em condições de baixa luminosidade, algo que os últimos teasers da Samsung insinuam tal prioridade. Uma mensagem na conta oficial da Samsung Mobile no Twitter enviada na semana passada falava sobre um ‘find clarity in darkness’ (ou ‘encontre a claridade na escuridão’) torna essa ideia ainda mais coerente.

Via SamMobile

Apple pensa em um futuro Apple TV controlado por gestos

by

650_1000_patente-apple-primesense

Uma patente registrada pela Apple revela uma tecnologia que cobre os aspectos básicos de um sistema de mapeamento 3D, semelhante ao Kinect, da Microsoft. Tal tecnologia é fruto da compra da PrimeSense, responsável pelo desenvolvimento do periférico do Xbox 360 e Xbox One.

Na patente, é possível ver os detalhes do sistema de projeção óptica que permite emitir um padrão de luz sobre objetos, que por sua vez faz o seguimento para a representação de objetos 3D. A distorção do padrão pode ser interpretada por um sensor óptico, e essa informação pode ser utilizada para mapear o espaço 3D, baseando-se no ângulo e grau da distorção.

As aplicações práticas para essa patente são claras: por exemplo, detectar gestos e movimentos tal como o Kinect para interação com atividades multimídia. A Apple não revela as finalidades dessa patente, mas é lógico pensar que tal interação pode estar presente em futuros produtos. O Apple TV, um dos dispositivos que está sem atualizações a mais tempo, pode ser um bom candidato para receber essa funcionalidade.

Via AppleInsiderUSPTO

Brasileiro cria algoritmo que sabe quando você está falando (ou não) no celular enquanto dirige

by

650_1000_captura_de_pantalla_2014-08-16_a_las_10.12.47

A equipe de Rafael Berri, da Universidade de Santa Catarina desenvolveu um algoritmo que faz com que uma câmera instalada no carro identifique se você está ou não falando ao telefone enquanto dirige. A câmera capta imagens do motorista, mas com foco na região do rosto para determinar se uma das mãos estão junto ao rosto (mais concretamente na orelha), e a partir daí, realizar determinadas ações, como por exemplo, parar o carro completamente.

Por enquanto, o sistema é bem básico. A câmera é capaz de registrar 15 fotos por segundo, com uma resolução de 320 x 240 pixels. Os vídeos, separados em um intervalo de três segundos, são utilizados para determinar se nesse intervalo alguém está conversando ou não no celular.

Ainda falta resolver algumas questões complexas mas comuns em um automóvel, como a luz incidente diretamente no rosto do motorista, o que tira um pouco da eficiência do sistema. Em condições mais favoráveis, o sistema de Berri tem uma eficiência de quase 90% de acerto. Outra coisa a se determinar é se o carro está em movimento durante a detecção, e o que fazer quando o motorista estiver falando ao telefone enquanto o carro se move.

De qualquer forma, é um começo.

Via Technology Review

Samsung agora também mede o seu nível de estresse, com o S Health

by

samsung-s-health

A Samsuung quer fazer do S Health uma das soluções de saúde mais completas, e para isso, nada melhor do que adicionar um novo parâmetro de medição que controla uma das respostas psicofisiológicas mais importantes de nossa vida: o estresse.

Utilizando mais uma vez o sensor traseiro do Galaxy S5, o aplicativo vai medir nosso ritmo cardíaco para interpretar os níveis de estresse, e desse modo, avisar ao usuário quando ele deve relaxar um pouco.

Não é a única atualização que o aplicativo recebeu (apesar de ser a mais chamativa, com certeza). O S Health também passa a oferecer informações sobre o sono procedente dos dados coletados do Gear ou Gear Fit, sendo capaz de ativar automaticamente o podômetro através de uma configuração inicial, e permitir mudar a tela do podômetro para a tela dos dois gadgets quantificadores, quando os mesmos se encontram conectados.

A atualização já está disponível para os usuários do Galaxy S5. Basta abrir o S Heath e automaticamente uma mensagem será exibida, avisando sobre a nova versão.

Via SamMobile

O protótipo do Google Project Tango possui quatro câmeras

by

Google-Project-Tango

A Google vendeu a Motorola para a Lenovo, mas conservou a divisão de desenvolvimento de projetos avançados da Moto. E um desses projetos que essa divisão está trabahando (além do smartphone modular que já conhecemos) é o Project Tango, uma implementação que permitirá aos smartphones do futuro contar com capacidades semelhantes ao Kinect da Microsoft.

Aos poucos, começam a aparecer os detalhes sobre o protótipo onde a Google desenvolve essa proposta. Do pouco que foi revelado antes, sabíamos que era um smartphone branco com tela de 5 polegadas. A novidade agora é que, para ter sensores similares ao Kinect, esse dispositivo tem nada menos que quarto câmeras integradas.

Além das duas câmeras tradicionais (frontal e traseira), o protótipo em questão conta com dois sensores especiais. O primeiro é um olho de peixe, com alcance de 180 graus, muito similar ao olho humano. O segundo é uma câmera de campo de profundidade, com alcance de 120 graus.

Era esperado aqui uma implementação 100% de software, mas o Project Tango já mostra que vai um pouco além, desenvolvendo um hardware especializado, que pretende explorar ao máximo as suas capacidades.

Via Gizmologia

Este sensor de movimento custa apenas US$ 1, e funciona sem baterias

by

sensor-movimento-1-dolar

O dispositivo que você verá nesse post é o AllSee. Ele é um pequeno sensor de movimento, que não precisa de bateria para funcionar, e o seu custo de fabricação é de aproximadamente US$ 1.

O AllSee é obra de uma equipe de cientistas computacionais da Universidade de Washington. O chip se alimenta dos sinais sem-fio que nos rodeiam, como as redes WiFi ou da televisão. A tecnologia não é de toda nova. A própria Universidade de Washington apresentou no ano passado antenas que são capazes de se comunicar apenas com a energia que recebe das ondas eletromagnéticas.

A grande novidade desse sensor é que ele não utiliza nenhuma câmera para detectar nossos movimentos, a não ser as próprias alterações que provocamos nas ondas ao nosso redor, como quando deslocamos a água dentro de uma piscina. O AllSee inclusive funciona sem ter uma linha de visão direta.

O dispositivo ainda está em desenvolvimento, porém, uma vez ajustado o seu funcionamento, ele pode ter um futuro muito promissor nesse tipo de interfaces. A seguir, um vídeo que mostra como o sensor é capaz de detectar diferentes gestos em um smartphone.

 

Via GigaOM

Esta imagem confirmaria a presença de um sensor de 16 megapixels na câmera do Samsung Galaxy S5

by

s5-sensor

O @evelaks vazou novas informações sobre o suposto Samsung Galaxy S5. A principal novidade seria uma imagem que teria sido registrada pelo sensor de 16 megapixels da câmera do dito smartphone.

A imagem que confirmaria o rumor conta nas suas informações EXIF a descrição de um modelo Samsung SM-G900V, além da mesma resolução do sensor, que é de 16 megapixels. Outros dados que o modelo contaria são: tela de 5.2 polegadas (QHD AMOLED, 1440p – 2560 x 1440 pixels) e melhorias em outros setores, como a capacidade de sua bateria, assim como sua autonomia de uso.

É esperado que a Samsung apresente o novo smartphone em março ou abril, um ano depois que o seu predecessor. Também é possível que detalhes oficiais sobre o Galaxy S5 apareçam durante a Mobile World Congress 2014, em fevereiro.

Via @evleaks

CES 2014 | Sony Core, uma pulseira que capta suas atividades e emoções, é anunciada

by

Sony-SmartWear-removable-core

Não restava nenhuma dúvida que a tecnologia vestível seria uma das vedetes da CES 2013, e a Sony é só mais uma gigante de tecnologia que confirma isso. Eles apresentaram em Las Vegas a Sony Core, uma pulseira inteligente que é considerado “o menor gadget fabricado pela Sony até hoje”, podendo ser utilizado das mais diferentes formas.

O Sony Core não possui uma tela, ou seja, não é possível obter nenhum tipo de leitura de dados do smartphone pareado. Porém, o foco da Sony com esse produto é um pouco diferente daquele que vimos em outros dispositivos do mercado: o Core é um monitor de atividades, mas vai um pouco além no seu foco, sendo também um medidor de sua “vida”… o que, na prática, é a mesma coisa de ser um medidor de atividades. Para resumir: a pulseira monitora você 24 horas por dia.

O pouco que foi revelado do produto pela Sony é que ele chegará acompanhado do aplicativo LifeLogger, que conectará com o sensor, e dará uma leitura simples das atividades diárias. Tal como os demais sensores do mercado, a conexão sem fio acontece via Bluetooth, e sua bateria alcança os cinco dias de uso com apenas uma única carga, o que é uma boa média, se considerarmos as suas dimensões reduzidas.

Para alcançar essa marca de autonomia, a Sony utiliza um motor vibratório para alertar e pequenos LEDs que avisam o usuário sobre os objetivos alcançados. A carga da bateria é feita através de uma porta micro USB, e tal como os seus rivais, o produto é resistente a água.

Sony-LifeBand-with-Core

O Sony Core chegará ao mercado com uma colorida gama de pulseiras emborrachadas, algo que deve agradar os amantes da personalização. O produto chegará ao mercado no primeiro trimestre de 2014, e a Sony promete mais detalhes sobre o produto na Mobile World Congress 2014, que acontece já no próximo mês de fevereiro, em Barcelona (Espanha).

 

O novo sensor da Panasonic captura imagens em 3D com apenas uma lente

by

No terreno da fotografia, muito além de alcançar uma alta qualidade dos sensores para conseguir as melhores fotos (na teoria), poucas inovações aconteceram. Porém, esse sensor apresentado pela Panasonic pode mudar o rumo do mercado, oferecendo a possibilidade de capturar imagens em 3D com apenas uma lente.

Não faz muito tempo que falamos da Samsung NX300, a primeira câmera 3D com apenas uma lente, mas a tecnologia da Panasonic é diferente. A Samsung conseguiu obter imagens em 3D graças aos dois obturadores na própria lente. Cada um deles capturava a partir de uma zona (esquerda e direita) forma que as duas imagens combinadas possam formar a imagem tridimensional.

O sistema desenvolvido pela Panasonic é bem mais complexo. De fato, utiliza uma lente junto com uma capa composta com micro lentes digitais (DML). O sistema separa primeiro a luz, e depois intensifica e posteriormente coloca nos respectivos píxels no sensor de tal forma que se separem aqueles que correspondem ao olho direito com os do olho esquerdo. Os sinais recebidos serão processados posteriormente para criar imagens em 3D.

Segundo a Panasonic, o sistema poderá dotar todas as câmeras com esta capacidade, desde os modelos reflex de linha alta até os smartphones, passando pelas câmeras compactas. Por estar em desenvolvimento, o sensor tem um longo caminho a percorrer antes de chegar ao consumidor. Por enquanto, ele só é capaz de gravar objetos em 3D que estão a, no máximo, um metro de distância da lente. De qualquer forma, eles anunciaram que começarão a implementar essa tecnologia nos smartphones a partir de 2014.

Via Gizmologia

O iPhone 5 tem uma câmera de 8 MP, mas pode tirar fotos de apenas 4 MP. Mas está tudo certo!

by

O iPhone 5 chegou ao mercado (em mercados selecionados), e seus segredos são desvendados aos poucos. Nesse post, vamos nos focar em um desses mistérios do novo smartphone da Apple: a sua câmera. Apesar de seu sensor indicar até 8 megapixels de resolução, as fotos registradas podem contar com até metade dessa resolução apresentada, graças a um sistema de condensação de dados dos píxels. Ou seja, acredite se quiser, é melhor que seja assim.

O sistema é utilizado para melhorar os recursos da câmera quando ela atua em locais com baixa luminosidade, reduzindo assim a quantidade de ruído presente na foto. A Apple encontrou uma solução para isso, combinando os dados de quatro píxels adjacentes no sensor em um único píxel na imagem final. Esse processo recebe o nome de “dynamic low-light mode” (ou “modo dinâmico com baixa luminosidade”).

Na prática, o sensor da câmera do iPhone 5 é capaz de detectar quando você está em um local com baixa luminosidade, e troca o contexto do sensor para combinar quatro píxels em um, o que faz com que esse píxel conte com uma maior sensibilidade e brilho nesse processo. Ao mesmo tempo, um sistema de redução de ruído compara os píxels vizinhos e identifica qual deles está com o maior nível de ruído. Desse modo, baseando-se no menos distorcido, ele corrige os demais, reduzindo a disparidade entre os píxels, e aumentando a qualidade final da foto.

O Nokia 808 PureView utiliza um sistema de melhoria de imagem semelhante ao do iPhone 5. A diferença é que, no caso do PureView, ele compara um grande número de píxels, chegando a combinar até sete píxels em um, fazendo assim com que um sensor de 41 megapixels transfira essa qualidade toda de imagem para proporções menores, de até 8 megapixels.

Ou seja, não reclame. 4 megapixels são mais que suficientes para você enviar ótimas fotos para o Twitter, Facebook, Flickr, Tumblr ou Instagram.

Via SlashGear

Desenvolveram um robô que é capaz de apalpar um tomate melhor do que eu e você

by

Pesquisadores da Escola de Engenharia de Viterbi, na Carolina do Sul (EUA), desenvolveram um robô capaz de identificar os materiais recolhidos não através da vista ou complexos sistemas de análise química, mas sim através de um sensor de toque de alta precisão.

O dispositivo recebe o nome de BioTac, e imita o formato básico do que seria o dedo de uma pessoa, com um interior líquido coberto por uma capa de pele sintética, que conta com suas próprias digitais, para uma melhor sensibilidade do robô a vibrações. Com paciência e uma grande base de dados, os cientistas ensinaram o robô a reconhecer 117 materiais comuns, mediante “movimentos exploratórios”, conseguindo acertar 95% dos resultados.

Mas os carpinteiros e designers de moda tem muito pouco a se preocupar, pois o BioTac será capaz de reconhecer texturas com uma precisão absurda sim, mas pelo menos por enquanto ele é totalmente inútil na hora de decidir quais produtos são os mais agradáveis ao tato. Sua aplicação mais interessante parece ser mesmo as próteses humanas, e seus criadores já buscam companhias que estão interessadas em adquirir esta tecnologia.

Via Viterbi.usc.edu

Kinect para Windows recebe a versão v1.5, e agora reconhece o usuário sentado

by

Parece que foi ontem que se falava dos rumores de uma versão do Kinect para Windows, e hoje falamos da versão 1.5 dessa versão. Com essa revisão, o SDK do periférico vai incluir uma boa gama de novidades para todos aqueles que querem aproveitar dos benefícios do sensor de movimento, mas sem conectá-lo a um Xbox 360.

Para começar, a Microsoft confirma que a atualização vai permitir o reconhecimento de até 10 articulações (inclusive quando o usuário está sentado), e sua orientação para para prever de forma muito melhor a maneira que você vai se mover e aumentar a sua precisão.

O lote se completa com quatro idiomas adicionais (espanhol, francês, italiano e japonês) e o Kinect Studio, que vai permitir aos desenvolvedores gravar e reproduzir rotinas para tornar seus aplicativos mais precisos.

Via MSDN.com

Philips ErgoSensor cuida de sua postura diante do monitor

by

Quantas vezes você não ouviu a frase “senta direito, menino!”, enquanto passava várias horas diante do monitor? Pois bem, prepare-se, pois a Philips está disposta a fazer o mesmo, para o bem de suas costas. O novo monitor ErgoSensor de 24 polegadas, 250 nits de brilho e 1920 x 1080 pixels de resolução entra para a história por contar com um sensor que vai vigiar de perto a sua postura enquanto você trabalha, te repreendendo (de forma amistosa, espero) quando você começar a se descuidar da postura, ou ficar muito tempo forçando a vista.

As possibilidades do produto não acabam por aqui, já que o produto também pode informar ao usuário como ele pode corrigir a postura, ou quando ele deve desligar o monitor para economizar energia. Por enquanto, não sabemos quando poderemos colocar esse monitor em nosso escritório, mas até lá, vamos praticar a melhor postura nós mesmos, para que a experiência de uso não seja a mais incômoda quando o produto chegar ao mercado.

Via SlashGear

Koubachi mantém suas plantas verdes e saudáveis, com seus sensores Wi-Fi

by

Apresentamos a Wi-Fi Plant Sensor da Koubachi, que promete te ajudar a, literalmente, salvar vidas. Exatamente: plantas são seres vivos, e você sabe disso. O sistema foi inventado com o propósito de monitorar o estado de suas plantas, alertando o usuário quando algo estiver errado.

O dispositivo conectado na nuvem é capaz de medir o nível de umidade, temperatura e luz ambiente, captando essas informações e combinando em uma base de dados que já inclui 135 plantas diferentes (no final do ano, esse número deve subir para 5 mil plantas). Caso alguma de suas plantas necessite de cuidados específicos, o sistema envia um sinal por e-mail ou diretamente para o seu iPhone, usando o aplicativo para iOS da Koubachi (não há referências sobre uma versão Android).

Por enquanto, a Koubachi só oferece uma versão para plantas de interiores, mas a empresa (localizada na Suíça) já está desenvolvendo um modelo para terras e jardins. Preço dessa primeira versão: 120 euros.

Via TechCrunch

Sony desenvolve um novo sensor ótico para smartphones, com filtro RGBW e vídeo HDR

by

A Sony está desenvolvendo um novo sensor para as câmeras de seus smartphones, que contará com novas e interessantes qualidades para que o usuário registre a melhor foto. Entre as mudanças, temos a incorporação do modo HDR para gravação de vídeos, e o filtro de cores RGBW para fotos.

Sobre o primeiro, se trata da aplicação do efeito (que já está presente em outras câmeras de celulares na hora de registrar fotos) no modo de vídeos, enquanto que o filtro de cor (que adicionará píxels brancos ao tradicional vermelho-verde-azul) ajudará no registro de melhores imagens em situações de pouca luz.

Sem maiores detalhes revelados, sabemos que os sensores terão uma resolução de 8 e 13 megapixels, e podem ter as suas primeiras unidades exibidas no meio de 2012.

Via Sony

ASUS Xtion Pro é atualizado, para ficar um pouco mais parecido com o Kinect

by

Durante a última edição da CES, a ASUS realizou uma ambiciosa aposta para os seus sensores de movimento Xtion Pro e e Wavi Xtion, e apenas 7 meses depois, já temos uma nova versão do produto no mercado. O recém estreado Xtion Pro Live é um periférico com cara de Kinect, que é compatível com os sistemas Windows e Linux, e que conta com uma câmera VGA e um par de microfones.

Segundo a página italiana da ASUS World, o dispositivo tem preço de 175 euros, o que pode levantar dúvidas se o periférico pode ameaçar o mercado da Microsoft. Ao que parece, para justificar tal preço, o que vemos acima não é um produto que atenda exatamente aos usuários finais, mas sim para desenvolvedores que querem desenvolver jogos melhores e aplicativso para o futuro Wavi, que será o modelo que vai chegar ao grande público nos próximos meses.

via VR-Zone

A Força Aérea dos Estados Unidos prepara um sensor com reconhecimento facial de longa distância

by

A Força Aérea norte-americana está pensando em novas soluções para o sistema de reconhecimento facial. Isso seria possível graças à uma nova tecnologia de câmeras, que são capazes de identificar e rastrear possíveis inimigos à uma grande distância (não são revelados detalhes sobre qual distância é essa) com apenas alguns segundos de gravação.

A empresa encarregada pelo desenvolvimento do sistema é a Photon-X Inc., e eles estão utilizando um sensor que combina medias espaciais com lasers e infra-vermelhos, que daria origem a uma espécie de “bio assinatura”, que não apenas reconhece as características faciais, mas também movimentos musculares que são únicos em cada indivíduo.

Essa tecnologia pode ser usada em sistemas que identificam veículos inimigos, além de poder ser integrado em robôs para melhorar a sua navegação ou a identificação de objetos. Além disso, o sistema pode oferecer vantagens no uso da segurança em bancos, nos lugares dos vigias humanos.

via Wired

Pioneer quer colocar o Android até na sua bicicleta

by

A Pioneer está desenvolvendo um novo conceito de velocímetro vitaminado para nossos passeios na bicicleta, e que mantenha a nossa alma geek.

Com este dispositivo conectado no guidão da bicicleta, podemos controlar uma série de informações do passeio, como velocidade, ritmo cardíaco e média horária, entre outros. Porém, diante da grande quantidade de dispositivos parecidos que existem na concorrência, este aqui conta com o diferencial de ser desenvolvido para funcionar com a especificação sem fio ANT+, para poder extrair dados de outros sensores opcionais, que serão úteis na hora de controlar a força da pedalada.

Além disso, conta com GPS e sistema operacional Android, de modo que pode ser o companheiro ideal dos ciclistas mais convictos. Por enquanto, o produto está em desenvolvimento, e não tem data de lançamento e preços anunciados. Abaixo, vídeo demonstrativo.

via Diginfo

Samsung anuncia sensores HD para webcams integradas

by

Era questão de tempo ver webcams HD nos nossos portáteis, e parece que estamos cada vez mais próximos disso. A Samsung anunciou dois novos sensores CMOS, com belas especificações. Os modelos S5K6A1 e S5K5B3, sendo que o primeiro faz gravações com resolução 720p (30 FPS) e captura de 1.3 MP, e o segundo grava vídeos a 1080p (2.1 MP). A Samsung diz que os dois modelos contam com função de auto-foco, para ler códigos de barra ou cartões de visita, alémd e ter rendimento optimizado para ambientes com pouca luz. Terá sua produção em massa ao longo do segundo trimestre de 2010.

Fonte

MWC 2010 | Novos chips da Samsung para levar o HD à celulares pequenos #mwc2010

by

Outros lançamentos da Samsung na Mobile World Congress 2010, além dos novos telefones, foram novos sensores CMOS para celulares pensados especificamente para levar o formato HD em telefones de linhas mais baixas, ou de tamanhos menores.

O novo S5K4E2 é um sensor de 5 MP, que utiliza a tecnologia Enhanced Energy Steering da Samsung, e que permite a gravação a 15 FPS com uma grande redução de ruído. Outro lançado é o S5K5CA, que combina o ISP com um CMOS de 3 MP. São, pelo menos, 25% menores do que os demais sensores da mesma linha, proporcionando uma gravação a 720p. Os dois começam a ser fabricados em massa no final do ano de 2010.

Fonte