Arquivo para a tag: JellyBean

CES 2014 | ZTE Iconic Phablet, com tela de 5.7 polegadas e aspirações de smartphone de linha média

by

IMG_1556

A ZTE aproveitou a CES 2014 para mostrar mais detalhes sobre o Iconic Phablet, que já havia sido exibido antes. O modelo com tela de 5.7 polegadas é descrito pelo fabricante chinês como um phablet de linha média, oferecendo uma resolução de 720p, processador Qualcomm Snapdragon dual-core e 1 GB de RAM.

O modelo ainda conta com 8 GB de armazenamento interno, Bluetooth 4.0+LE, câmera traseira de 8 megapixels e câmera frontal de 1 MP. Sobre sua bateria, temos um módulo de 3.200 mAh (sua autonomia não foi revelada), e o smartphone é compatível com o sistema de recarga de bateria sem fio (com a ajuda de uma carcaça especial, vendida separadamente).

O sistema operacional do ZTE Iconic Phablet é o Android 4.3 Jelly Bean, com a presença de uma interface de usuário com função multi-janela, similar ao que a Samsung oferece na sua interface TouchWiz, e que não requer um kit de desenvolvimento, ficando aberto para o seu funcionamento com qualquer aplicativo de terceiros.

zteiconicphablet

A ZTE confirmou que o Iconic Phablet contará com suporte para redes LTE, CMDA e EVDO, sem fazer menções às redes HSPA+ e GSM/EDGE. Isso marcará o tipo de distribuição que o dispositivo terá ao redor do planeta, apesar dos asiáticos não especificarem mais detalhes sobre isso. Seu preço também não foi revelado.

Wikipad quer ser o parceiro ideal para o seu tablet, com o Gamevice

by

gamevice

Convenhamos: não são muitas as pessoas que você conhece que tem um Wikipad. E quando ele foi apresentado na CES 2012, já passava a impressão que o tablet para jogos ia precisar de muitas melhorias e boa dose de marketing antes de chegar ao mercado. Mas entre os seus diversos adiamentos e uma risível política de preços, o Wikipad caiu no esquecimento. Mas, quem sabe o novo produto da empresa tenha mais sorte (ou não).

Seja como for, o Gamevice está aí, e quer transformar qualquer tablet Android ou Windows em um console portátil, acoplando controles laterais bem mais confortáveis e precisos do que os clássicos controles sensíveis ao toque. Aparentemente, a compatibilidade com o iOS também está nos planos do pessoal do Wikipad, mas pelo menos por enquanto, ela não está confirmada.

O que podemos dizer nesse instante é que o Gamevice não estará presente na CES 2014, mesmo com sua previsão de lançamento comercial determinada para o final desse ano. Por fim, vale a pena informar que os poucos compradores do Wikipad ficarão contentes com a informação que o tablet para games de 7 polegadas foi atualizado, passando a contar com o sistema operacional Android 4.2 Jelly Bean e controles totalmente configuráveis.

Via Engadget

Samsung Galaxy Core Plus é anunciado oficialmente

by

samsung-galaxy-core-plus-taiwan

A Samsung segue com sua estratégia de lançar dispositivos com diferentes especificações, para diferentes públicos, e anunciou o Galaxy Core Plus. Poucos meses depois de lançar o Galaxy Core.

O mais esquisito de tudo isso é que quando uma nova versão aparece, ela traz algumas melhorias em relação ao modelo anterior (ainda mais quando ela carrega o Plus no nome). Porém, a Samsung resolveu fazer exatamente o contrário: deu passos para trás em relação ao Core original, oferecendo um produto com especificações técnicas inferiores. E ainda assim, eles colocam o “Plus” no nome.

A única melhoria do Galaxy Core Plus é a presença do Android 4.2 Jelly Bean (no lugar do Android 4.1 do Galaxy Core). Em compensação, o novo smartphone possui apenas 768 MB de RAM (contra 1 GB do Core original) e 4 GB de memória de armazenamento (contra 8 GB do modelo anterior).

Muitos acreditam que essa decisão da Samsung é uma manobra para tornar a sua produção mais eficiente. Essa manobra já foi detectada nos tablets, onde eles relançaram o Galaxy Tab 2 com especificações mais fracas, mas com o mesmo preço do modelo anterior.

De qualquer forma, as demais especificações do Samsung Galaxy Core Plus são: tela de 4.3 polegadas (800 x 480 pixels), processador dual core de 1.2 GHz, câmera frontal VGA e câmera traseira de 5 megapixels.

O produto foi lançado originalmente em Taiwan, e tem preço sugerido de US$ 270 (já convertidos).

Via Android Beat

Jelly Bean supera os 50% de cota de mercado Android

by

android-mercado

Demorou, mas aconteceu. Finalmente a versão Jelly Bean do Android tem mais de 50% do mercado do sistema operacional da Google.

A gigante de Mountain View publicou as últimas estatísticas de usuários ativos, logo após anunciar o lançamento oficial da nova versão do sistema operacional (Android 4.4 KitKat), e o gráfico de distribuição das versões mostra que os dispositivos em uso com as ROMs baseadas nas versões 4.1.x, 4.2.x e 4.3 já superam mais da metade do total, com uma cota de 52.1%. A segunda versão mais popular segue sendo a 2.3.x Ginerbread, que ainda possui respeitáveis 26.3%, mas cada vez mais possui menos espaço no mundo mobile.

Por outro lado, o Gingerbread aparece para nos lembrar que ainda existe um bocado de smartphones e tablets “antigos” no mercado. Resta saber se esses dispositivos morrerão no Gingerbread, ou se alguns deles ganharão uma sobrevida com o Android KitKat (uma vez que a Google promete que o sistema pode ser funcional em dispositivos com baixas especificações de hardware).

A terceira posição segue com a versão Ice Cream Sandwich, que perde mais e mais força, representando 19.8% dos dispositivos que acessaram a Google Play na última semana.

E, para a perplexidade de muitos, a versão Froyo ainda segue viva, com apenas 1.7% dos usuários que acessam a loja de apps da Google. Muito provavelmente, esses usuários são aqueles que não querem abandonar o seu Motorola Milestone.

Também existem dispositivos com versões do Android mais antigas que o Froyo, mas a Google não inclui a sua porcentagem no relatório, uma vez que tais versões perderam a capacidade de acessar a loja de aplicativos, por evidentes questões de incompatibilidade. Além disso, esse relatório é voltado especialmente para os desenvolvedores, que não pensa mais nas versões antigas do Android na hora de desenvolver os seus aplicativos.

Via developer.android.com

Archos lança uma nova linha de smartphones Titanium

by

archos-titaniumtelefonos

Mais smartphones dual SIM Android, com telas generosas e que custam pouco dinheiro. A Achos lançou novos modelos que atendem esses requisitos, mas isso não quer dizer que o seu hardware seja algo que possamos chamar de “competitivo”. Aliás, o mais estranho foi a Archos chamar smartphones de entrada de “Titanium”. Aliás, não faz o menor sentido, até mesmo pensando no marketing do produto.

Os modelos 40 Titanium (4 polegadas, 800 x480 pixels), 45 Titanium (4.5 polegadas, 854 x 480 pixels), 50 Titanium (5 polegadas, 960 x 540 pixels IPS) e 53 Titanium (5.3 polegadas, 854 x 480 pixels IPS) podem se diferenciar no seu exterior, mas nas suas especificações técnicas, são realmente muito parecidos. Todos eles contam com um modesto processador MediaTek MT 6572 dual-core de 1.3 GHz, 512 MB de RAM (isso mesmo, só isso), 4 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD) e câmera traseira de 5 megapixels.

Com tais especificações, não chega a ser surpresa para ninguém que a versão Android escolhida para todos os modelos foi Jelly Bean 4.2.2. Preços? Na ordem (do menor para o maior): 120, 150, 170 e 190 euros (já convertidos).

Via Archos

Código do Google TV v4 para TVs da LG acaba em uma TV da Sony, por conta de um vazamento

by

bwuqrddcyaazcky

Durante a Google I/O realizada no mês de maio, a Google mencionou que sua plataforma Google TV receberia em breve uma atualização para o Android Jelly Bean, e isso parece estar prestes a acontecer. Um membro do grupo GTV Hacker (CJ Heres) conseguiu o código da versão do Google TV criada para as TVs da LG, e instalou em uma TV da Sony.

O hackers esclarece que o trabalho não foi algo simples, pois teve que conseguir uma TV com o mesmo SoC que a LG usa para realizar a instalação, mas a versão com Linux 3.4.5 (a mesma utilizada pelo Jelly Bean) está funcionando, apesar de apresentar alguns problemas.

Uma das principais novidades é que a nova versão do Google TV inclui o Android NDK, que permite a execução de aplicativos que exigem muita velocidade, como jogos e o XBMC (que infelizmente por enquanto se encerra ao tentar a reprodução de vídeos). O uso do Android NDK nos faz pensar que o produto poderia inclusive mudar de nome e começar a se chamar Android TV, mas isso é algo que ainda precisa ser confirmado pela Google.

Por fim, outro detalhe que ainda precisa ser esclarecido é a possibilidade de usar as mesmas opções encontradas no Chromecast nesta nova versão do GVT. E todas as questões levantadas nesse post podem ser respondidas no evento que a Google deve realizar em breve, para anunciar o novo Android 4.4 KitKat (apesar de considerar pequenas as chances da Google dividir o seu foco na apresentação de um novo software).

Abaixo, você pode conferir um vídeo com a demonstração do software na TV da LG.

 

Via @cj_000

BLU Studio 5.5 segue a proposta do BBB (bom, bonito e barato)

by

blu-products-studio-5-5

Seja você mais ou menos fã dos tabletfones, você já tem a plena convicção que este é um segmento que vive o seu momento de auge. O problema desse sucesso todo é que muitos produtos chegam ao mercado com preços abusivos. E você sabe que não precisa ser sempre assim. Aliás, você e os fãs dos smartphones da BLU Products, que não são poucos. E nesse post, apresentamos mais um produto que justifica essa devoção: o BLU Studio 5.5.

O modelo reforça a filosofia da BLU Products, que é lançar smartphones com boas especificações técnicas, um design visualmente atraente e um preço menor que os concorrentes mais badalados, resultando assim em uma interessante relação custo/benefício, no melhor estilo BBB (bom, bonito e barato). O BLU Studio 5.5, como o seu próprio nome indica, possui uma tela de 5.5 polegadas (854 x 480), processador MediaTek quad-core, sistema operacional Android 4.2 Jelly Bean, 4 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD, slot para dois SIM cards e uma grande variedade de cores.

Não é um produto top de linha, mas não é esse o principal atrativo do produto. O BLU Studio 5.5 se destaca mesmo pelo seu preço de apenas US$ 180, livres de qualquer contrato de operadora. Um valor consideravelmente menor para um modelo que oferece especificações boas o suficiente para agradar os menos exigentes.

E acredite em mim, amigo leitor: pela quantidade de pessoas que eu conheço aqui no Brasil que adoram os modelos da BLU Products, não é difícil de se imaginar que, lá fora, o sucesso da marca é o mesmo. Se não for maior.

Via BLU Products

Archos Platinum, um tablet com processador quad-core, tela IPS e preço competitivo

by

release-main-image

A Archos tornou oficial para o mercado europeu os seus novos tablets da linha Platinum, disponíveis em três versões: 8, 9.7 e 10.1 polegadas. Todos estão equipados com processadores quad-core de 1.6 GHz, telas de alta resolução IPS, Wi-Fi dual-band, 8 GB de armazenamento, Bluretooth e Android 4.2 Jelly Bean.

O modelo com tela de 8 polegadas conta com uma resolução de 1024 x 768 pixels, a de 9.7 polegadas conta com resolução de 2048 x 1536 pixels, e a versão de 10.1 polegadas possui 1280 x 800 pixels. No quesito memória, o modelo menor possui 1 GB de RAM, enquanto que os dois modelos maiores conta com 2 GB de RAM. O tablet de 10.1 polegadas ainda conta com GPS integrado e câmera frontal de 2 megapixels, enquanto que os demais modelos ficam com 0.3 MP de câmera, e não possuem GPS. Todos eles contam com uma porta microUSB, conector de 3.5 mm, slot para cartões microSD, saída HDMI e câmera traseira de 2 megapixels.

Porém, o grande atrativo dessa nova família de tables é o preço sugerido para cada uma das versões. Pegando do menor para o maior (8, 9.7 e 10.1 polegadas), os preços são de 160, 230 e 270 euros, respectivamente.

Via Archos

Android 4.3 Jelly Bean estará disponível aos smartphones Samsung Galaxy S III e Galaxy S4 em outubro

by

Samsung-Galaxy-S4

Boas notícias para os proprietários de dois dos mais avançados smartphones da Samsung. Durante o Samsung Unpacked – Episode 2, realizado hoje (04) em Berlim (Alemanha), a Samsung informou que os atuais proprietários dos modelos Galaxy S III e Galaxy S4 receberão a atualização para o Android 4.3 Jelly Bean no mês de outubro, sem uma data precisa para o update ser entregue.

Com essa atualização, os dois smartphoens passam a ser compatíveis com o recém anunciado Galaxy Gear, o relógio inteligente da Samsung.

Vale a pena lembrar que a atualização será gradativa, e que no caso específico do Brasil, depende das diversas customizações que precisam ser feitas pela própria Samsung Brasil, assim como pelas operadoras que comercializam o produto com os seus aplicativos (que nem sempre são bem vindos pelos usuários).

Via Engadget

LG G Pad 8.3 é anunciado oficalmente

by

lg-g-pad-83

No começo da semana passada, a LG liberou um vídeo sobre como seria o tablet perfeito, antecipando (em partes) o lançamento do modelo G Pad 8.3. Logo, se acreditava que esse tablet só veria a luz do mercado na IFA 2013. Mas parece que os coreanos resolveram não ser muito pacientes, e decidiram apresentar o produto oficialmente, no mundo todo, antes do evento de Berlim.

Esse tablet é uma espécie de “próximo passo” na proposta iniciada pelo smartphone LG G2, e o fabricante garante que estamos diante do primeiro tablet de 8 polegadas com uma tela WUXGA (Widrescreen Ultra Extended Graphics Array). Traduzindo isso em números, essa tela possui a resolução de 1920 x 1200 pixels. O modelo conta com uma generosa bateria de 4.600 mAh, sistema operacional Android 4.2.2 Jelly Bean e processador Qualcomm Snapdragon 600 de 1.7 GHz, com 2 GB de RAM.

Tudo isso está acondicionado em um chassi de apenas 8.33 mm de espessura, e em um peso total de 338 gramas. Sobre o seu software, o equipamento vem com os recursos QPair e QSlide. O primeiro oferece a possibilidade de receber chamadas e mensagens de smartphones Android com Jelly Bean, enquanto que o segundo permite a execução na tela de três aplicativos de forma simultânea. Por outro lado, também podemos encontrar o KnockOn, um aplicativo que permite despertar o tablet com apenas dois toques na tela.

O LG G Pad 8.3 estará disponível de forma global (não sabemos exatamente o que a LG quer dizer com “global” nesse caso) no final de 2013, com duas opções de cores (branco e preto) e uma única versão, com 16 GB de armazenamento. Seu preço não foi revelado.

Via LG

Novos números do Android: 40% de Jelly Bean, e Google Play superando Apple App Store em downloads

by

jellybeannumre387

A palavra “fragmentação” é proibida na Googleplex, e todos os esforços são voltados para acabar com ela de vez. E, pelo visto, esses esforços estão dando frutos. A versão Jelly Bean do Android segue a passos largos para se tornar a hegemônica da plataforma da Google, já contando com 40.5% de cota de mercado, somando todos os seus segmentos.

Dentro do Jelly Bean, 34% dos dispositivos ativos já contam com a versão Android 4.1. Já a versão Android 4.2 e 4.3, somadas, contam com apenas 6.5%, mas ajudam a ampliar a vantagem que a versão possui em relação ao Android 2.3 Gingerbread, que hoje conta com 33.1% dos dispositivos ativos.

O problema todo está nas versões menos populares, que somadas, resultam em 22.5% de dispositivos ativos, o que é um número considerado elevado. Ou seja, tem muito aparelho ativo com as versões 2.2 Froyo, 2.1 Eclair e 4.0.x Ice Cream Sandwich. Somadas, elas ocupam a terceira posição.

Já as versões Honeycomb e Donut estão praticamente mortas. cada uma ocupa apenas 0.1% de cota de mercado. Me pergunto quem ainda tem dispositivos com essas versões (acho que nem mesmo o pessoal que usa os tablets da linha Xoom utilizam o Honeycomb).

vendas-android-ios

A segunda notícia reforça a teoria que o Android está cada vez mais ganhando terreno em relação ao iOS no mercado mobile, primeiro nas vendas de dispositivos, e agora, nos downloads de aplicativos. Porém, a Google precisa seguir trabalhando para ganhar a confiança dos desenvolvedores.

Os resultados do relatório publicado pela App Annie, uma empresa de estudo de mercado, mostram que o volume de aplicativos baixados através da plataforma da Google foi maior no segundo trimestre de 2013 do que na loja de aplicativos da Apple. Para ser mais preciso, a Google Play teve pelo menos 10% a mais de downloads do que a Apple App Store no período.

Porém, isso não quer dizer que a loja do Android gerou mais lucros. A Apple lucrou com a App Store pelo menos 2.3 vezes a mais do que a Google Play.

Com esses resultados, fica muito claro por que muitos desenvolvedores seguem apostando de forma prioritária no iOS (mesmo tendo que sofrer com a política de publicação quase ditatorial da Apple). Afinal de contas, dinheiro chama dinheiro, não é mesmo?

Via develper.android.com, The Guardian, App Annie

Android 4.3 Jelly Bean é anunciado oficialmente

by

xzsh20-1374683402.jpg.pagespeed.ic.5iPsO0k3TD

Também sem gerar nenhum tipo de surpresa para os mais antenados no mundo tech, a nova versão do sistema operacional móvel da Google, o Android 4.3 Jelly Bean, foi anunciada de forma oficial. A nova versão começa a ser distribuída inicialmente para os dispositivos da linha Nexus já existentes, além do tablet Nexus 7, anunciado hoje (24).

À princípio, não há grandes mudanças estéticas na interface do Android 4.3 Jelly Bean. As principais modificações foram feitas em pequenas novidades de gerenciamento do sistema e para um melhor desempenho geral dos dispositivos que vão receber o sistema operacional. Algumas mudanças se convertem em melhorias diretas na execução de tarefas e aplicativos. Já outras visam uma maior segurança e gerenciamento do dispositivo por parte do usuário.

Uma dessas mudanças é a criação de perfis diferentes e o respectivo controle de cada perfil sobre a utilização do dispositivo. A partir de agora, o dono de um dispositivo Android pode restringir algumas áreas de aplicativos, fases de um jogo, funções de pagamento em outros sites (ou na Google Play), entre outros recursos.

Com essas alterações, a ideia é que um mesmo dispositivo possa ser manipulado de forma mais livre por um grupo diferente de usuários com uma maior segurança, utilizando perfis de usuários diferentes, com níveis de personalização distintos.

android-43-open-gl

Outra importante novidade presente no android 4.3 Jelly Bean é a presença do suporte ao OpenGL ES 3.0. Com isso, os desenvolvedores de games e aplicativos que exploram mais as possibilidades gráficas dos dispositivos podem criar gráficos mais elaborados e realistas, principalmente nos aspectos de iluminação, reflexão de objetos e texturas dos elementos exibidos na resolução nativa de 1080p.

Pelo menos na demonstração feita no evento de hoje, os resultados são promissores. Aliás, mais do que isso: são muito bons, se levarmos em conta que estamos falando de um sistema operacional móvel.

Outras novidades destacadas: 

Google Play: seu sistema de busca ficou mais refinado, com uma função que procura de forma mais específica os aplicativos  para os tablets.

Google Play Games: o aplicativo apresentado na Google I/O 2013 foi finalmente lançado, e não apenas vai concentrar todos os jogos instalados em seu dispositivo, mas também vai aglutinar os seus círculos do Google+ para facilitar a criação de partidas em modo multiplayer, oferecendo assim um maior incentivo para que você use ainda mais a rede social da Google.

Google Play Textbooks: essa nova categoria dentro da Google Play Store é especialmente dedicada aos livros escolares. Inicialmente, estará disponível apenas nos Estados Unidos, e vai abrigar livros disponíveis para venda ou aluguel de até seis meses, oferecendo descontos de até 80% nas modalidades de consumo. A plataforma estreia nos EUA no mês de agosto, e permite a sincronização de conteúdos e perfis com dispositivos Android e iOS via internet.

Netflix: passa a oferecer o streaming de vídeo na resolução de 1080p, desde que os dispositivos em questão sejam compatíveis com essa resolução de imagem (como é o caso do Nexus 7 2013).

Para mais informações sobre o Android 4.3 Jelly Bean, clique aqui.

Android 4.3 aparece para o Samsung Galaxy S4 (e você pode até testar)

by

adnroid43

Já é de conhecimento público que o Android 4.3 vai manter a denominação Jelly Bean, mas nem por isso podemos deixar de sentir certa curiosidade sobre as novidades que essa nova versão vai oferecer aos usuários. E não só a gente pensa assim. O pessoal do site SAMMobile obteve acesso à versão 4.3 Jelly Bean do Samsung Galaxy S4, e decidiu compartilhar essas novidades com aqueles que possam se interessar.

Na postagem publicada por eles, podemos ver melhor as mudanças na interface do aplicativo de câmera do sistema, pequenas modificações no seu design (como por exemplo o cada vez mais presente botão “compartilhar”), e algumas outras surpresas que até agora passaram desapercebidas nos vazamentos anteriores.

A grande novidade que o SAMMobile informa é que aqueles mais corajosos poderão testar essas novidades em primeira mão, se assim eles quiserem. Antes, é necessário cumprir os pré-requisitos já conhecidos de todos: entender bem todo o processo de instalação da nova ROM e não ter medo de perder a garantia do produto.

Está disposto a conhecer as novidades do Android 4.3 Jelly Bean antes de todo mundo? Então, clique aqui e divirta-se!

Via Sammy Hub, SAMMobile (link 01 e link 02)

Umeox X5, o próximo candidato ao título de “smartphone mais fino do mundo”

by

Umeox-5.6mm-ID1-8

Certamente você nunca ouviu falar no nome “Uemox”. Até porque esse é o nome de uma fabricante chinesa relativamente nova. A empresa tem experiência fabricando dispositivos que são vendidos na China, e na Europa, eles respondem pelo nome Thomsom. Agora, eles planejam mudar de estratégia, e tornar a empresa conhecida no mundo todo com o Umeox X5, um smartphone com apenas 5.6 mm de espessura e sistema operacional Android Jelly Bean.

Algumas imagens vazadas do dispositivo foram publicadas pelo site GizChina, que antecipa que o modelo será anunciado oficialmente “em algum momento do mês de julho”. Ao que parece, devemos ficar atentos para esse smartphone e para a Umeox em si, uma vez que eles parecem estar dispostos em apostar de forma pesada no mercado de telefonia móvel.

Até que os rumores se confirmem, fiquemos com as fotos, e com a promessa que, muito em breve, teremos um novo smartphone Android com o título de “mais fino do mundo”.

Umeox-5.6mm-ID1-7 Umeox-5.6mm-ID1-6 Umeox-5.6mm-ID1-10 Umeox-5.6mm-ID1-3 UmeoxX5

Via GizChina

Android 4.3 é supostamente visto em um Nexus 4, com um novo software de câmera

by

android-4-3-nexus4

Poucas vezes os fãs da Google ficaram tão frustrados com a empresa como durante a Google I/O 2013. Explico: ao longo de todo o evento, nenhuma menção ao Android 4.3 Jelly Bean foi feita. Mas fato é que ele existe, e ele deixa de ser uma pequena fantasia na mente dos proprietários de samrtphones Android, quando uma foto como essa aparece na web.

Segundo um usuário do fórum XDA-Developers, o smartphone da foto acima já contaria com uma das primeiras ROMs “públicas” da próxima versão do Android. O “públicas” está “entre aspas” porque sua visibilidade é confirmada, mas sua disponibilidade é incerta.

Android-3

De acordo com a informação publicada, este Nexus 4 foi avistado na feira Mobile Expo da Tailândia, que acontece nessa semana. As infos detalhadas do dispositivo acusam a presença do Android 4.3 Jelly Bean (não, ele não mudou de nome), mas algo ainda mais revelador que a versão do sistema é a presença de um novo software de câmera, com alguns retoques e novos controles.

Vendo pela primeira vez, não é possível constatar tantas mudanças assim, mas quem estava presente no evento tailandês afirma que as mudanças existem. Algo me diz que não vai demorar muito para conhecermos as novidades dessa nova versão. Se os últimos rumores estiverem corretos, no próximo dia 10 de junho (“por coincidência” dia do keynote inaugural da Apple na WWDC 2013), a Google deve tornar a nova versão oficial, mostrando todas as suas novidades.

Via Droid Life, XDA-Developers

Sony Xperia Tablet Z adere ao Android Open Source Project

by

sony-zed

A Sony parece querer mesmo levar a sério o objetivo de dar ao seu usuário a importância que ele merece, procurando saber o que eles querem, e quando querem. Durante muito tempo, o maior desejo de seus fiéis usuários era poder desfrutar do mais recente software em seus dispositivos, mesmo que fosse sem a refinada interface ou as clássicas adições de série oferecidas pela Sony no Android. Pois bem, esse desejo começa a se tornar realidade.

Ao menos os proprietários de um tablet Xperia Tablet Z podem desfrutar da última versão do Android, a 4.2.2 Jelly Bean, em estado puro, graças à primeira build Android Open Source Project (ASOP), que já está disponível na GitHub, junto com todas as instruções de instalação e os recursos disponíveis para os programadores interessados na empreitada.

Desta forma, a Sony abre as portas para que a comunidade desenvolvedora possa trabalhar de forma cômoda para atulaizar e aperfeiçoar o desempenho do Xperia Tablet Z, assim como aconteceu no mês passado, quando o Xperia Z também contou com o início da disponibilidade do ASOP.

Se você quer ver como o Sony Xperia Tablet Z funciona com o Android 4.2.2 (e constatar como é estranho ver um dispositivo da fabricante japonesa com a interface pura do Android), é só conferir o vídeo abaixo.

Via Blog Sony

Panasonic P51 é anunciado, com algumas “heranças” do Galaxy Note

by

panasonic-p51

A Panasonic lançou na Índia o smartphone P51, um modelo pensado nos mercados emergentes. Com a versão 4.2 Jelly Bean do Android, o lançamento conta com uma tela LCD de 5 polegadas (720p) e processador MediaTek quad-core de 1.2 GHz.

Mas o que chama a atenção nesse lançamento da Panasonic é que ele conta com uma certa herança do Samsung Galaxy Note, uma vez que ele conta com um lápis capacitivo e, “de forma casual”, um case com sistema magnético de agarre, para proteger o dispositivo de alguns arranhões. Será que a Samsung vai ficar contente ao ver isso? Algo me diz que não. Se bem que eles não podem falar muito mal disso, não é mesmo?

As demais especificações técnicas do produto são: 1 GB de RAM, 4 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões microSD) e dois slots para chips SIM, assim como câmeras frontal e traseira de 1.3 e 8 MP, respectivamente.

Por enquanto, não sabemos se o Panasonic P51 vai chegar em outros países além da Índia, mas fazendo os cálculos rápidos, o lançamento custa o equivalente a US$ 517 (já convertidos).

Via FoneArena

Archos Xenon 80, um tablet com Android Jelly Bean, 3G e preço competitivo

by

archos80xenonfacehidef2

A Archos anunciou um novo tablet na Europa com proposta “BBB” (Bom, Bonito e Barato). O Archos Xenon 80 é um tablet de 8 polegadas, que conta com conectividade 3G e Android Jelly Bean, com um preço de 180 euros.

Suas especificações são bem aceitáveis para o seu preço: processador Qualcomm quad-core, tela IPS  de 8 polegadas (1024 x 768) e 4 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões microSD de até 64 GB). Tal como acontece com os últimos tablets anunciados pela Archos, o Xenon 80 conta com acesso à Google Play, e o produto foi concebido para satisfazer a necessidade e o anseio de conectividade com telas maiores (segundo a Archos).

O modelo chega ao mercado no mês de junho. Mais fotos a seguir.

archos80xenonambhidef1 archos80xenonbackhidef5 archos80xenoncamhidef4 archos80xenongappshidef3

Via Archos

ZTE Grand X2 In aposta no Clover Trail+ e na câmera com disparos a 24 FPS

by

zte-grand-x2-in

A ZTE anuncia a chegada de um novo smartphone com processador Intel, o Grand X2 In. O modelo conta com tela de 4.5 polegadas (720p), e é o primeiro produto contando com a plataforma Clover Trail+ Atom de 2 GHz (Z2580), além de uma câmera de 8 MP com foco automático e flash, que é capaz de disparar fotos sequenciais a 24 FPS, além de captura instantânea e estabilizador de imagem integrado.

Além disso, o ZTE Grand X2 In conta com 1 GB de RAM, 8 GB de memória interna (expansíveis via slot para cartões microSD de até 32 GB), tecnologia de melhorias de som (sem entrar em detalhes), e uma câmera frontal de 1 MP, para videochamadas. Sua bateria é de 2.000 mAh, e o sistema operacional que gerencia o dispositivo é o Android Jelly Bean.

O ZTE Grand X2 In tem lançamento no mercado europeu para o terceiro trimestre de 2013. Seu preço ou mercados onde ele será lançado não foram revelados. Também não sabemos se o modelo algum dia vai sair do Velho Continente.

Via Daily Mobile

HP apresenta o ultrabook híbridos Split x2, com Windows 8, e o tablet SlateBook x2, com Android

by

hp-split-x2-01

A HP decidiu ampliar a sua família de notebooks híbridos, apostando em duas vertentes. A sua lina x2 Series conta agora com os novos Split x2, com Windows 8, e SlateBook x2, com Android.

Sobre o primeiro (foto acima), falamos do primeiro portátil/tablet da empresa que conta com um processador do segmento de laptos em seu interior, abrigando um chip Intel Core i3 ou i5 Ivy Bridge Y Series. Com tela de 13 polegadas (1366 x 768), o modelo conta ainda com uma unidade SSD (você pode optar pela complementação com um HD de 500 GB, se quiser), duas portas USB (uma 2.0 e outra 3.0), HDMI, som Beats Audio, WiDi e leitor de cartões SD e microSD. Seu teclado dock conta ainda com uma bateria secundária, para ampliar a autonomia de uso.

hp-slatebook-x2-04

Sobre o SlateBook x2, falamos de um tablet Android com tela de 10 polegadas (1920 x 1200), com 400 nits de brilho e tecnologia IPS, com a presença da plataforma Tegra 4 e sistema operacional Android 4.2.2. Jelly Bean. Também conta ocm um teclado dock, que também conta com uma bateria secundária, além de trackpad e botões dedicados para serviços do Google. Com um peso de 1.27 kg, também conta com duas portas USB, alto-falantes estéreo e leitor de cartões SD/microSD.

Por enquanto, os dois produtos só contam com preços e datas de lançamento confirmadas para o mercado norte-americano. O lançamento deve acontecer em agosto, com preços iniciais sugeridos de US$ 800 para o modelo Split x2, e de US$ 480, para o SlateBook x2. Mais fotos dos produtos abaixo.

hp-split-x2-02 hp-slatebook-x2-02 hp-slatebook-x2-01 hp-slatebook-x2-03

Via SlashGear – Split x2 e SlateBook x2