TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Starfield, uma ambiciosa proposta da Microsoft e da Bethesda | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Games | Starfield, uma ambiciosa proposta da Microsoft e da Bethesda

Starfield, uma ambiciosa proposta da Microsoft e da Bethesda

Compartilhe

No encerramento do Xbox Games Showcase 2023, a Microsoft e a Bethesda revelaram a data de lançamento de Starfield, um jogo ambicioso e repleto de possibilidades.

Com uma panorâmica completa das infinitas opções disponíveis, o jogo mergulha em uma aventura galáctica sem precedentes. A primeira impressão é de uma abundância vertiginosa de atividades, levando a ideia de “aventura espacial” ao extremo, já que tudo está refletido aqui.

De conflitos no espaço sideral à tranquila exploração de planetas estéreis nos moldes de um “walking simulator”; de conversas que direcionam a aventura em diferentes direções a tiroteios táticos e seções de sigilo, a Bethesda parece ter criado um jogo de aventuras espaciais onde o conceito de “aventura” não se restringe apenas a derrotar um exército alienígena ou disparar contra algumas naves.

Em Starfield, a aventura abrange examinar a flora e a fauna de cada um dos mil planetas à nossa disposição, permitindo que o protagonista se desenvolva na direção desejada.

Então… será que a Microsoft e a Bethesda foram ambiciosas demais? Será que Starfield promete mais do que pode entregar?

 

Muitas incertezas, e algumas promessas interessantes

A ambição por trás dessa proposta traz consigo o temor de um jogo desequilibrado, onde ideias foram lançadas ao acaso pelos desenvolvedores sem um sentido coerente. A incerteza persistirá até que possamos dedicar várias horas de jogo para explorar todas as suas nuances. Mas até o momento, algumas promessas têm despertado especial interesse.

Uma delas é o cuidado da Bethesda ao detalhar os objetos do jogo, que apresentam um estilo retro particular, como se estivéssemos observando um futuro imaginado a partir de uma estética do passado. Essa abordagem diferenciada afasta a monotonia de telas virtuais e hologramas, oferecendo naves e objetos com personalidade única. Esse tipo de cuidado certamente incentivará um investimento considerável por parte dos jogadores.

Outra promessa cativante em Starfield é a facilidade de transporte dentro do jogo. Com a capacidade de dobrar o espaço e transportar instantaneamente a nave de um ponto para outro da galáxia (ou até mesmo para outras galáxias, quando a nave for suficientemente poderosa), a jogabilidade será mais ágil e permitirá que os gamers acessem os locais necessários, como cidades e bases, de forma direta e rápida.

Além disso, Starfield introduz um elemento místico por meio da equipe de pesquisadores semiclandestinos da Constellation, que investigam objetos de origem desconhecida, com os quais nosso personagem também entra em contato. Essa adição de mistério à trama, relacionada a raças alienígenas além da humanidade, proporciona um toque literário e uma dimensão mais profunda à história, evitando que se torne apenas uma gestão espacial sem significado.

 

Claros toque característicos da Bethesda em alguns detalhes de Starfield

O aspecto visual do jogo também reserva surpresas. Ao contrário da estética rígida e quase ministerial das cidades das colônias oficiais, há mundos selvagens e desordenados. Alguns deles, como a cidade de Akila, apresentam uma atmosfera de Faroeste, sugerindo possíveis missões de assalto a diligências com ausência de gravidade ou algo inventivo que equivalha à famosa Wells Fargo.

Outro destaque de Starfield é o sistema de habilidades, que mantém o toque característico da Bethesda, mas é acessível o suficiente para atrair e não incomodar o público em massa. O jogo apresenta cinco árvores de habilidades e quatro níveis ou categorias por habilidade, que são desbloqueados à medida que o jogador cumpre objetivos e ganha pontos de experiência.

E, felizmente, a diversão também está presente no jogo, sob uma camada de realismo cuidadosamente elaborada. Segundo a Bethesda, os mundos foram desenvolvidos com base em critérios profundamente documentados, levando em consideração fatores como a possibilidade de biomas de acordo com a distância do sol. Essa abordagem equilibrada e perfeita permite criar um jogo atraente, sem perder o toque verossímil que a desenvolvedora busca.

Por fim, a personalização de naves oferece aos jogadores a oportunidade de buscar e customizar veículos, em um sistema que parece ser profundamente abrangente. Essa liberdade de personalização é um verdadeiro teste para a ambição da Bethesda, permitindo a contratação de tripulações e a compra de naves completas, para agilizar o processo.

Starfield chega ao mundo apenas em 6 de setembro. Mas sua apresentação entregou informações muito interessantes e promissoras para os gamers mais entusiasmados com a proposta.


Compartilhe