Compartilhe

Não é a primeira vez que a Samsung lança um smartphone mais resistente do que o normal, muito provavelmente pensado nos mais desastrados. Mas acho que é a primeira vez que vejo os coreanos lançando um telefone tático, pensado nos militares.

Pois bem, Samsung Galaxy S20 Tactical Edition é um novo (não tão novo, na verdade) smartphone desenvolvido especificamente para agências governamentais e uso militar. Isso significa que um usuário normal ou mero mortal que não sofre de espionagem ou é ameaçado por algum regime ditatorial não pode comprar, e o dispositivo em si conta com uma série de melhorias no software para reforçar a sua segurança.

O Samsung Galaxy S20 Tactical Edition já foi testado em operações especiais, e está pronto para o uso pelas agências militares norte-americanas. O produto é o resultado da coordenação e dos comentários resolvidos por parceiros do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

 

 

 

Software modificado e um case protetor resistente

 

 

Suas especificações técnicas são as mesmas do Samsung Galaxy S20 que você já conhece, ou seja, tela AMOLED de 6.2 polegadas, 8 GB ou 12 GB de RAM, 128 GB de armazenamento, bateria de 4.000 mAh e as câmeras traseiras (3) e frontal (1).

Bom, pelo menos nesse caso a Samsung não repetiu a estratégia do passado, onde lançava um dispositivo de linha média com um exterior reforçado, dando a entender que usuários que buscam um telefone protegido contra quedas e outros desastres não precisam de um desempenho pleno.

Que bom que isso mudou.

As principais mudanças no conjunto técnico estão mesmo no seu software, que recebe as alterações para ser menos vulnerável a ataques cibernéticos, e no seu design externo por conta do case que vem integrado ao dispositivo.

Para atender as necessidades dos operadores militares, o dispositivo conta com uma série de características adicionais no software que só encontramos nesse modelo. Por exemplo:

 

– Modo de visão noturna que desliga a tela em caso de usar óculos de visão noturna para evitar luzes fortes.
– Modo oculto que desativa LTE e qualquer comunicação sem fio, não está totalmente claro como isso difere do modo avião.
– Implementação do sistema de criptografia Knox verificado para atender aos padrões de segurança.
– Suporte para rádios militares e outros dispositivos específicos da indústria.
– Reconfiguração do botão Bixby para executar rapidamente aplicativos militares.

 

 

O software personalizado trabalho com um case reforçado Juggernaut, que oferece impermeabilidade IP67 e, principalmente, uma boa resistência a impactos, o que é o mínimo para um dispositivo dentro de sua proposta. Mesmo assim, você também pode conectar diferentes acessórios adicionais para (por exemplo) perder o telefone a um uniforme militar.

O Samsung Galaxy S20 Tatical Edition estará disponível no terceiro trimestre de 2020, mas não revelou um preço oficial para o modelo. O que também não tem importância nenhuma, pois nenhum de nós vai poder comprar o modelo. O dispositivo é destinado às agências governamentais e, mesmo assim, essas agências precisam entrar em contato com a Samsung através do seleto canal IT de parceiros.

De novo: fica o registro de sua existência, e que a Samsung está trabalhando para oferecer produtos específicos para diferentes finalidades.

 

 

Via Samsung


Compartilhe