Não é só a sua casa que ficará conectada. Tudo o que está ao seu redor terá algum tipo de conectividade. E o automóvel é um dos itens que mais tecnologias recebeu em todos os aspectos, principalmente nas questões de inteligência artificial e condução assistida.

A Samsung sabe muito bem disso, e diante de um cenário tecnológico um tanto quanto complexo (principalmente no que se refere ao mundo mobile), busca novas alternativas para implantar as suas tecnologias para o consumidor final.

Dito isso, a Samsung apresentou na CES 2019 o Digital Cockpit 2019, a atualização do seu sistema inteligente para gerenciamento de automóveis. A empresa já havia apresentado as capacidades do seu Exynos Auto V9, que possui suporte para até seis telas e 12 câmeras, e agora mostra como o software evoluiu desde então.

 

 

O cockpit idealizado pela Samsung é muito versátil e configurável em função das necessidades do motorista e dos passageiros. O sistema consiste em quatro telas posicionadas na parte frontal do veículo: uma para o painel de instrumentos multi-funcional, uma ao centro para a apresentação das informações, uma abaixo para os controles do veículo e uma tela adicional para o passageiro, onde é possível compartilhar conteúdos para as duas telas colocadas nos bancos de trás.

De forma adicional, o sistema ainda conta com botões digitais configuráveis, telas adicionais para substituir os espelhos retrovisores, sistemas de monitorização do motorista (que alertam em caso de distrações ou sonolências), a possibilidade de utilizar o Samsung DeX para transformar o smartphone em um PC para trabalhar em uma das telas do carro, a integração com os demais produtos inteligentes da Samsung, entre outros.

 

 

Pense na seguinte situação: você está voltando para casa, após uma longa viagem, e no caminho você decide verificar em sua geladeira inteligente Samsung se está faltando alguma coisa em casa e já fazer a compra dos itens dentro do carro (para entrega posterior em sua casa). Além disso, você pode enviar um comando para aquecer ou diminuir a temperatura da casa de forma remota, de dentro do carro.

 

 

Tudo o que a Samsung apresentou ainda é um conceito para o futuro, e não tem prazo para chegar ao consumidor final.

 

 

 

Via Samsung