Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Por que a Xiaomi Band não está registrando o meu sono direito?

Por que a Xiaomi Band não está registrando o meu sono direito?

Compartilhe

Nem toda a popularidade que a pulseira Xiaomi Band livra o dispositivo de passar por problemas de funcionamento. Afinal de contas, o simples fato de um produto de tecnologia ser desenvolvido e construído por uma marca específica não dá ao gadget credencial de infalível e imune aos erros.

Muitos usuários usam a Xiaomi Band como dispositivo para medição do sono, com o objetivo de melhorar esse importante aspecto de nossas vidas. Porém, esse registro de atividade noturna não acontece de forma correta em muitos casos.

O verdadeiro culpado pelo funcionamento ruim do recurso de monitoramento do sono não é o dispositivo, mas sim o próprio usuário, que muito provavelmente não está utilizando o dispositivo da forma correta.

E vamos mostrar a partir de agora como você pode contornar essa situação.

 

Cochilos não são monitorados

A Xiaomi Band pode controlar o seu sono em determinadas horas do dia preestabelecidas, e se você dorme em ouro horário os dados não serão coletados.

Ou seja, cochilos, siestas ou horários de descanso diferentes do período noturno não serão controlados pela pulseira. Se você precisa detectar esses períodos de descanso, faça os ajustes para que a pulseira possa detectar pausas com mais de 30 minutos.

 

O recurso não está habilitado

Vá até o aplicativo Zeep Life (ou Mi Fit), e verifique se você tem ativo o recurso de medição do sono na função de detecção do ritmo cardíaco.

Para melhorar os resultados do controle do sono da pulseira, habilite a função no aplicativo do seu smartphone responsável pelos ajustes da Mi Band. Faça o seguinte:

  1. Abra o aplicativo Zepp Life
  2.      Selecione o perfil
  3.      Toque na sua pulseira em Meus dispositivos
  4.      Acessar monitoramento de integridade
  5.      deslize para baixo
  6.      Ative a opção Monitoramento de sono de alta precisão

 

A pulseira não está bem ajustada

Uma pulseira muito frouxa não permite que os sensores da Xiaomi Band detectem as suas funções biológicas para a medição dos parâmetros do seu organismo.

Por isso, verifique se a pulseira está bem apertada no pulso, e faça o teste com o detector de ritmo cardíaco para comprovar se os dados voltaram a ser registrados de forma correta.

 

Você se move muito durante a noite

Pessoas que se movem muito à noite não terão os resultados de sono registrados corretamente. Afinal de contas, o registro de dados também vai se basear na ausência de movimento do usuário.

O mesmo pode acontecer para os usuários que se levantam no meio da noite para ir ao banheiro. A pulseira não vai seguir monitorando o seu descanso quando você voltar a dormir, pois vai detectar que você se levantou e vai voltar a ficar ativo.

 

O firmware da pulseira está desatualizado

Verifique se existe alguma atualização disponível para a sua pulseira, tanto no próprio dispositivo como no aplicativo instalado para o telefone (Android ou iOS).

O problema também pode estar em uma atualização recente, que afetou o recurso de medição do sono. Neste caso, a melhor coisa que você pode fazer é voltar temporariamente para a versão anterior, ou esperar que uma nova versão do software esteja disponível.

 

Conclusão

Como você pode ver, não é tão difícil verificar qual é exatamente o problema que a Xiaomi Band está enfrentando para medir o seu sono. E aqui, você tem as principais ferramentas para localizar a raiz dessa falha.

E se nada do que você tentou der certo, só existem duas alternativas: ou você recorre ao serviço de assistência técnica, ou se conforma em comprar uma nova pulseira para chamar de sua.


Compartilhe