Não precisamos esperar pelo evento do dia 12 de março para conhecer os preços para os novos smartphones top de linha da Samsung, o Galaxy S10, Galaxy S10e e Galaxy S10+ no Brasil. Algumas lojas físicas queimaram a largada, e já revelaram quanto cada modelo vai custar por aqui.

#SPOILER: vai custar caro, e para baratear, você vai ter que entregar outro dispositivo na base da troca.

O Tecnoblog oferece os preços, baseado em visitas nas lojas físicas de São Paulo (SP), com os valores completos e com descontos na troca do dispositivo antigo pelo novo.

Galaxy S10e de 128 GB: R$ 5.099, ou até R$ 4.299 com desconto
Galaxy S10 de 128 GB: R$ 5.799, ou até R$ 4.999 com desconto
Galaxy S10+ de 128 GB: R$ 6.499, ou até R$ 5.499 com desconto
Galaxy S10+ de 512 GB: R$ 7.699, ou até R$ 6.699 com desconto
Galaxy S10+ de 1 TB: R$ 9.999, ou até R$ 8.999 com desconto

 

Ou seja, a Samsung quer aumentar a sua participação de mercado não apenas nas vendas, mas também em dispositivos ativos e em uso, oferecendo valores mais competitivos em caso de troca de smartphone. Os descontos podem chegar a até R$ 1.000, dependendo do valor do modelo.

A Samsung tem um programa de trade-in com a Trocafone, que oferece descontos no caso de entrega por um aparelho usado, que precisa estar funcionando (pode ter a tela quebrada) e de praticamente qualquer marca.

Com essa informação, o evento da Samsung na semana que vem será uma mera formalidade corporativa, onde a única surpresa pode estar em algumas ações promocionais e pontuais para o lançamento do produto.

Não são dispositivos baratos, mas estão mais ou menos na faixa de preço esperada para o que foi estabelecido pelo próprio mercado. Eu até esperava um Galaxy S10+ de 1 TB custando mais de R$ 10 mil, algo que (ainda) não aconteceu.

Lembrando que, dependendo do modelo que você tem hoje na mão, você pode obter na revenda um preço bem maior do que os R$ 1.000 oferecidos nos descontos do plano de troca da Samsung. Quem sabe vale a pena recorrer ao OLX ou Mercado Livre para reduzir ainda mais essa diferença de preços.

 

Via Tecnoblog