Compartilhe

O OnePlus 6T foi apresentado oficialmente a algum tempo, e é bem recebido internacionalmente. E o YouTube ajudou decisivamente na boa imagem do modelo na missão de realizar a boa manutenção do caminho de sucesso estabelecido pela marca desde 2014.

O OnePlus 6T foi apresentado oficialmente em outubro de 2018, e é um dos smartphones Android mais elogiados do ano, o que ajudou ainda mais no crescimento internacional da OnePlus. A marca lança um novo dispositivo top de linha a cada seis meses, algo incomum até mesmo para as marcas mais tradicionais do mercado.

É claro que esse ciclo de lançamentos semestrais tem as suas desvantagens. A rápida desvalorização dos seus produtos no mercado de segunda mão e a ausência de grandes diferenças entre os dois modelos são os principais sintomas. Até parece que a OnePlus não aprendeu nada com a Sony e a sua linha Sony Xperia.

 

 

YouTube, um dos propulsores do OnePlus 6T

 

 

 

Todavia, podemos e devemos arguir que este ciclo de lançamentos de seis em seis meses acarreta algumas desvantagens. A desvalorização acelerada dos seus produtos no mercado de 2ª mão ou a simples ausência de diferenças notórias entre duas gerações dos seus equipamentos. Nesse sentido poderíamos apontar o perfeito (ou melhor, fatídico) exemplo da Sony e dos seus Sony Xperia. Smartphones com uma quota de mercado perfeitamente irrelevante. Contudo, a OnePlus para já tem conseguido contornar a situação com este mesmo esquema, e os youtubers acabam com um papel fundamental nisso.

Alguns dos principais criadores de conteúdo ao redor do mundo já realizaram análises e reviews sobre o OnePlus 6T, e todos apresentaram impressões muito positivas sobre o dispositivo. E essa relação entre o fabricante e os criadores de conteúdo no YouTube já vem do passado, e isso ajudou na promoção de produtos cativantes, que deixaram os entusiastas de tecnologia muito satisfeitos.

Por outro lado, bem sabemos como tudo isso funciona. Mesmo com tantos elogios para o OnePlus 6T, o YouTube já mostra vários dos sintomas associados à indústria da TV, onde tudo se vende e tudo merece elogios (pelo preço certo).

Por outro lado, a OnePlus também se apoia na sua forte comunidade de usuários e fãs, e isso pode fazer toda a diferença nos próximos anos.

 

 


Compartilhe