TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O telefone transparente está mais perto do que pensamos | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | O telefone transparente está mais perto do que pensamos

O telefone transparente está mais perto do que pensamos

Compartilhe

Graças ao cinema, podemos imaginar um mundo de telas transparentes. São muitos os filmes que mostram dispositivos com esse tipo de tela. E até agora, não vemos uma utilidade real para o produto. Mas temos que reconhecer que ficam muito bem no nosso imaginário, e até nos leva a dizer que algum dispositivo transparente pode ser muito bem vindo no mundo real. Talvez até estamos próximos de ver essa realidade, já que a Polytron Technologies está desenvolvendo um smartphone transparente.

O protótipo não é aquilo que podemos chamar exatamente de “transparente”, e sequer é um telefone funcional. Alguns de seus componentes são opacos, como a bateria, o seu circuito interno e sua memória. Mas esses componentes, que ficam na parte inferior do telefone, podem ser facilmente tapados. O pessoal da Polytron Technologies estima que até o final de 2013 eles podem preparar um modelo pronto para ser comercializado.

Mesmo que o seu protótipo e sua tela não sejam funcionais, no vídeo produzido pela empresa é possível ver como o LED recebe a energia necessária, mesmo quando parece que ele não está conectado a nenhum cabo visível. De fato, quando ele acende a sua parte superior, é possível ver como o produto é em funcionamento. Também é possível verificar como os alto-falantes funcionam (também estão na parte inferior do dispositivo), enquanto que o cartão microSD ainda está visível.

Com esse conceito em mente, vemos que a corrente se distribui através da tela transparente, mas não é possível ver nenhum cabo opaco. E não podemos negar que seria muito interessante ver o produto com a sua tela em funcionamento. O protótipo (que nada mais é do que um case transparente) sugere algumas questões, como a resolução e o uso do dispositivo em ambientes externos, sem falar no problema de privacidade (seria mais fácil tirar uma foto com um dispositivo transparente).


Compartilhe