O que está provocando a “Tela Branca da Morte” no Google Chrome? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O que está provocando a “Tela Branca da Morte” no Google Chrome? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | O que está provocando a “Tela Branca da Morte” no Google Chrome?

O que está provocando a “Tela Branca da Morte” no Google Chrome?

Compartilhe

O Google Chrome está experimentando uma falha que já é chamada de Tela Branca da Morte (WSOD), um bug que faz com que todas as abas fiquem brancas do nada. O erro cobra ainda mais peso se, como é o caso, afeta os ambientes empresariais.

 

 

Tela branca da morte

O fenômeno chegou a bloquear os navegadores de milhares de redes empresariais durante quase dois dias, e foi revelado em 13 de novembro. Milhares de empresas foram afetadas pelo bug.

A WSOD afetou principalmente equipamentos baseados no Windows Server, com as abas do navegador mostrando um fundo branco. Em um ambiente controlado, a limitação de ação é maior que a do usuário doméstico.

Em um ambiente doméstico, basta recorrer a um outro navegador. Mas em um ambiente profissional, é diferente. Os limites de segurança e privacidade podem impedir isso, e é por isso que a falha no Chrome tem impacto importante.

As críticas não demoraram a chegar, e o Google não demorou em reagir. A falha aconteceu por uma característica chamada Web Contents Occlusion, função experimental que suspende as abas do Chrome quando os usuários movem outras abas de aplicativos por cima do navegador.

O recurso começou a ser testado nos canais de desenvolvimento, e os estes não deram muito certo. Um imprevisto faz com que o Chrome, no lugar de suspender as abas quando os usuários mudavam para outro aplicativo, deixava as abas sempre em branco.

 

 

Possíveis soluções e problemas posteriores

Diante do cenário, atualizar a aba do Chrome poderia resultar a perda do trabalho desenvolvido até então. A solução então foi gerar e enviar um parche para desabilitar o recurso, se valendo de um sistema chamado Finch que permitiu o envio das configurações atualizadas à distância.

E aqui, temos mais um problema.

Os administradores de sistemas ficaram horrorizados quando souberam que os engenheiros do Chrome tinham a capacidade de enviar configurações e acessar funções do navegador, sem o consentimento ou a aprovação prévia dos administradores.

Parece que o problema foi solucionado, mas se ele persistir, você pode resolver por conta própria.

1) Inicie o Google Chrome.
2) Use o seguinte argumento na linha de comandos: –disable-backgrounding-ocluded-windows.
3) No segundo item, acesse a função ‘flags’ no Chrome, e desabilite os dois indicadores experimentais abaixo, ativando a aba disabled:

chrome://flags/ #web-contents-oclusion
chrome://flags/ #Calculate-native-win-oclusion

 

Todo esse problema gerou uma controvérsia. As empresas afetadas pedem no mínimo um pedido de desculpas por parte do Google e as perdas ocasionadas podem ser contadas em quantias milionárias.

 

Via ZDNet


Compartilhe