Fake News Awards

Donald Trump não concorda com os meios de comunicação que o qualificam negativamente, entendendo que todos simplesmente lançam notícias falsas sobre ele. Por causa desses veículos, ele criou o Fake News Awards.

A ‘cerimônia’ de anúncio dos vencedores aconteceu, mas foi um fiasco, gerando o efeito contrário que Trump esperava.

Primeiro, Trump anunciou que revelaria os vencedores entre os dias 15 e 17 de janeiro, para depois publicar a lista dos agraciados do Fake News Awards em um site com domínio pertencente ao Comitê Nacional Republicano. Mas quem tentou acessar o endereço só encontrou um erro 404.

O cenário detonou várias brincadeiras e memes. Os internautas personalizaram a mensagem do erro 404, interpretando a falha como um resumo perfeito da administração de Trump.

A ironia do incidente virou um TrendTopic. Nesse momento, a página do GOP foi ressuscitada, mostrando a lista completa dos ‘vencedores’ do Fake News Awards, que agora vira uma crônica de uma paranoia permanente.

Porém, o que chamou a atenção é que a lista atual está alterada em relação ao conteúdo original. O prêmio 11, dedicado às ‘falsas’ conexões de Trump com a Rússia, foi apagado.

 

 

Tal gesto (de eliminar uma afirmação de inocência diante do potencial surgimento de vários processos legais para investigar o caso) pode ser um sintoma de algo mais comprometedor no futuro.

Como, por exemplo, mentir. Isso é algo que pode resultar em impeachment de um presidente nos Estados Unidos.

 

Via Mashable, GOP