Um estudo financiado pelo departamento de segurança interna dos EUA (Homeland Security) revela uma série de vulnerabilidades em smartphones vendidos pelas quatro maiores operadoras de telefonia móvel do país, deixando dispositivos escancarados para os hackers.

As vulnerabilidades permitem que um atacante obtenha dados como e-mails, SMS e outros, sem que o usuário se dê conta disso… ou até que o atacante obtenha o controle completo do dispositivo.

Todos os fabricantes com smartphones afetados com tais vulnerabilidades foram informados, e atualizações para os dispositivos são esperadas. As vulnerabilidades estão ‘bem integradas’ no sistema operacional, mas não foram detalhadas até agora.

Temos aqui mais um caso onde a capacidade de resposta dos fabricantes será testada, tanto na forma como na velocidade com que lidam com esses problemas de segurança.

Mesmo com correções mensais de segurança que as plataformas oferecem, estamos diante de um problema de difícil solução.

 

+info