Compartilhe

O KaiOS é um sistema operacional móvel para telefones simples com funções inteligentes. Está em modelos como o Nokia 8110 ou o Cat B35 Smart 4G, e é uma variante do extinto Firefox OS. Foi criado nos Estados Unidos pela Kai Technologies e recebeu um investimento financeiro do Google em 2018.

Agora, a Kai Technologies anunciou uma nova rodada de financiamentos de US$ 50 milhões, além de confirmar que já enviaram para o mercado 100 milhões de dispositivos com o KaiOS em mais de 100 países. E essa é, nesse momento, a alternativa mais sólida ao Android e iOS no mercado.

 

 

Mais de 100 milhões de telefones com KaiOS: não é pouco

 

 

O objetivo do KaiOS é oferecer a conectividade móvel para milhões de pessoas que não contam com internet nos mercados emergentes, além de ser uma alternativa aos smartphones nos mercados consolidados. Para isso, o sistema operacional foi desenvolvido com base no HTML5, utilizando protocolos web abertos e padrão.

O KaiOS possui uma interface de usuário otimizada para telefones não touch, com suporte ao 3G e 4G/LTE, além de WiFi, GPS e NFC. Também funciona com conjuntos de chips dos principais fabricantes (incluindo Qualcomm e MediaTek), e pode oferecer uma experiência fluída em dispositivos com 256 MB de RAM.

 

 

Várias empresas como Alcatel, Doro, Bullitt e Micromax, além das já mencionadas Nokia e Cat, decidiram abraçar o KaiOS logo de cara. Os US$ 22 milhões injetados pelo Google ajudam no desenvolvimento da plataforma, sem falar no apoio com versões dos seus principais apps para o sistema operacional.

A chegada do WhatsApp ao KaiOS além de outros apps importantes como Google Assistente, Mapas, YouTube, Facebook e Twitter ajudaram (e muito) no crescimento do sistema operacional.

 

 

O KaiOS está se transformando na terceira alternativa global com os seus 100 milhões de dispositivos enviados para mais de 100 países, especialmente na Índia e na África, onde o sistema operacional já possui grande presença.

Agora, a Kai Technologies recebe ainda mais dinheiro para potenciar o KaiOS, o que vai acelerar o seu crescimento em novos mercados e amadurecimento do seu ecossistema. O objetivo é fazer com que mais de 1.5 bilhão de usuários de feature phones migrem para telefones com funções inteligentes.

E o KaiOS tem tudo para liderar essa revolução.

 

Via Kai Technologies, TechCrunch


Compartilhe