Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Tecnologia | Intel Core Ultra: o que significa o novo nome

Intel Core Ultra: o que significa o novo nome

Compartilhe

A Intel está redefinindo a nomenclatura dos seus processadores, através da nova marca Intel Core Ultra.

Mais do que uma simples mudança de nome, a nova geração de processadores premium da Intel representa uma evolução em termos de performance, inteligência artificial e compatibilidade com as tecnologias mais recentes.

Simplificar a identificação dos processadores e definir melhor qual é o padrão de desempenho de cada série de processadores são dois dos objetivos da Intel com essa mudança. E a partir de agora, vamos conhecer em detalhes como vai funcionar essa mudança.

 

Nomenclatura simplificada e intuitiva

A Intel eliminou a icônica letra “i” dos seus processadores, optando por uma nomenclatura mais simples e intuitiva.

A partir de agora, os consumidores encontrarão três níveis de performance: Core Ultra 5 para tarefas cotidianas, Core Ultra 7 para multitarefa e produtividade, e Core Ultra 9 para jogos, edição de vídeo e tarefas complexas.

A geração do processador é indicada pela série: 1 para a 14ª geração Meteor Lake, 2 para a 15ª geração Arrow Lake, e assim por diante. Sufixos como “H” e “U” indicam alto desempenho e baixo consumo respectivamente, facilitando a escolha do processador ideal para cada necessidade.

 

Nível de Desempenho

  • Núcleo Ultra 5: Desempenho básico para tarefas diárias
  • Núcleo Ultra 7: Desempenho equilibrado para multitarefa e produtividade.
  • Núcleo Ultra 9: Desempenho máximo para jogos, edição de vídeo e tarefas complexas.

 

Série

  • Série 1: Intel Core Ultra de primeira geração (14ª geração Meteor Lake).
  • Série 2: Intel Core Ultra de 2ª geração (Arrow Lake de 15ª geração).
  • Série 3: E assim por diante para as gerações futuras.

 

Desempenho e inteligência artificial de última geração

Os processadores Intel Core Ultra integram uma Unidade de Processamento Neural (NPU) dedicada para otimizar tarefas de IA. O motor AI Boost libera recursos da CPU, permitindo que o sistema trabalhe de forma mais eficiente e potente.

O novo design de chiplet da Intel integra a CPU, GPU Intel Arc e NPU em um único SoC, otimizando o consumo de energia e a performance geral. A compatibilidade com as tecnologias mais recentes, como RAM DDR5, PCIe 5.0 e gráficos Intel Arc, garante que os processadores Core Ultra estejam preparados para o futuro.

 

Diferenças com os modelos anteriores

Os processadores Intel Core Ultra se diferenciam dos modelos anteriores por diversos aspectos técnicos, sendo o principal o processo de fabricação Intel 4 (7 nm), que aumenta a densidade de transistores, proporcionando melhor performance e eficiência energética.

Além disso, a compatibilidade com RAM DDR5, PCIe 5.0 e gráficos Intel Arc garante um salto significativo em termos de velocidade e ancho de banda. A utilização dos mesmos núcleos Xe das GPUs Arc de Intel oferece um desempenho gráfico de alta qualidade.

Comparados aos modelos anteriores, os Core Ultra oferecem:

  • NPU dedicada para IA
  • Processo de fabricação Intel 4 (7 nm)
  • Compatibilidade com DDR5, PCIe 5.0 e gráficos Intel Arc
  • Núcleos Xe para alto desempenho gráfico

 

Exemplos de nomenclatura:

  • Intel Core Ultra 7 165H: alto desempenho (Série 1, geração 14)
  • Intel Core Ultra 5 240U: baixo consumo (Série 2, geração 15)


Compartilhe