Compartilhe

O Instagram anuncia mudanças na rede social, orientadas para combater o bullying e os comentários ofensivos. São duas novas funções que foram implementadas e que estão em testes com o objetivo de reduzir o nível de agressividade de alguns usuários.

Por anos, o Instagram utilizou inteligência artificial para detectar conteúdos ofensivos em imagens, vídeos e comentários. Mas agora, além de detectá-los, vai implementar um aviso de advertência quando alguém comentar com um tom ofensivo.

 

 

Inteligência artificial para combater o bullying

 

 

Quando um usuário publicar um comentário ofensivo ou com insultos, o Instagram vai detectar a agressão, permitindo realizar várias ações. Primeiro vai aparecer um aviso questionando se é isso mesmo que o usuário quer publicar. Depois, uma mensagem com o símbolo do Instagram e um coração explicando a função, pedindo que o usuário pense duas vezes antes de publicar um comentário ofensivo. Por fim, o botão de voltar permite eliminar o comentário ou editá-lo para que o mesmo não seja tão negativo ou prejudicial.

O Instagram não explicou como o algoritmo vai funcionar, mas tudo indica que ele vai se basear em similaridades com comentários previamente denunciados.

 

 

A rede social também está testando o recurso Restringir, que é o equivalente ao Bloquear, mas a pessoa pode seguir escrevendo e comentando como se nada tivesse acontecido, exceto pelo fato que nem você em os demais usuários que acessam o seu perfil vão ver o comentário ofensivo. É similar ao bloqueio de usuários no YouTube, onde a pessoa pensa que tudo permanece igual, mas na verdade está invisível para todo mundo.

Os usuários restringidos não poderão ver quando você está conectado ou se leu as mensagens diretas. Além disso, o Instagram vai permitir que outros usuários sejam capazes de ver os seus comentários.

Por enquanto, tudo está em testes, mas em outras plataformas já foi foi adicionada em definitivo. Normalmente os usuários do Instagram não bloqueiam ou param de seguir os usuários que cometem abusos porque “a situação pode piorar”.

No último mês de maio, o Instagram também comunicou que ia começar a apagar todo o conteúdo que incite ao ódio e a violência, tanto com fontes como com material compartilhado. Uma posição cada vez mais ativa para tentar fazer com que a rede social se mantenha com um conteúdo saudável e positivo.

 

Via Instagram


Compartilhe