O ano de 2019 será marcado pelo 5G e pelos smartphones dobráveis, e a Huawei reforçou as duas tendências ao apresentar na MWC 2019 o Huawei Mate X, o seu smartphone dobrável com 5G. O modelo chegou poucos dias depois do anúncio do Samsung Galaxy Fold e no dia seguinte da Oppo anunciar que vai lançar o seu smartphone com 5G ao longo de 2019.

 

 

Huawei Mate X: Especificações Técnicas

 

 

Em seu modo tablet, o Huawei Mate X possui uma tela de 8 polegadas (2480 x 2200 pixels). Quando dobrado, o dispositivo (em modo smartphone) conta com uma tela de 6.6 polegadas na parte frontal, e 6.39 polegadas na parte traseira. O modelo abriga o processador Kirin 980, trabalhando com o modem Balong 5000, que é o que permite a conectividade 5G no dispositivo.

O dispositivo estará disponível em versão única com 8 GB de RAM e 512 GB de armazenamento (expansíveis via NMCards de 256 GB). Nas câmeras, um sensor triplo traseiro de 40 MP (grande angular) + 16 MP (ultra grande angular) + 8 MP (telefoto). É o mesmo conjunto do sensor presente no Huawei Mate 20 Pro. Na conectividade, além do dual 5G/4G, o dispositivo conta com WiFi 5, Bluetooth 5.0 e NFC.

Na bateria, o Huawei Mate X conta com 4.5000 mAh, com modo de recarga rápida de 55W (85% de bateria em apenas 30 minutos).

 

 

Uma diferença clara entre o Huawei Mate X e o Samsung Galaxy Fold é que o dispositivo da Huawei dobra PARA FORA, de modo que as telas frontal e traseira (no modo smartphone) se transformam em tela. As duas telas FullView Display de 6.6 polegadas (19.5:9, 2480 x 1148 pixels) ficam ativas de acordo com a orientação do dispositivo.

Também chama a atenção a sua baixa espessura, mesmo contando com até 100 componentes. Em modo smartphone, ele mede 11 mm de espessura, e em modo tablet, fica com 5.49 mm.

 

 

O Huawei Mate X não conta com notch ou buraco na tela, ou seja, ele não possui câmera frontal no modo tablet, de modo que é preciso utilizar na câmera traseira para as selfies. Para usar uma câmera frontal, é preciso dobrar o dispositivo e utilizá-lo do modo tradicional.

No modo tablet, é possível trabalhar com a tela dividida, dedicando cada metade da tela para aplicativos diferentes.

O Huawei Mate X estará disponível no mercado ao longo de 2019, e tem preço sugerido de 2.299 euros.