Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Notícias | Elon Musk confirma que trata sua depressão com ketamina

Elon Musk confirma que trata sua depressão com ketamina

Compartilhe

Elon Musk foi destaque no novo programa de entrevistas de Don Lemon, ex-apresentador da CNN. Durante a conversa, Lemon abordou diversos temas polêmicos envolvendo o magnata, incluindo questões relacionadas à sua saúde mental e ao uso de drogas.

Em meses anteriores, Musk confirmou publicamente o uso de Ambien, um medicamento prescrito para insônia e ansiedade. Durante a entrevista, ele também reconheceu o uso de ketamina, uma substância utilizada para estabilizar seu estado mental em momentos de necessidade.

Muitos especulavam sobre o uso dessas substâncias por parte de Musk, e como isso estaria interferindo em suas decisões na Tesla e no X. Agora, temos a confirmação partindo do próprio Musk.

 

Riscos e consequências

Musk explicou que utiliza a ketamina terapeuticamente, em doses controladas, para ajudar a combater estados depressivos ocasionais. Ele ressaltou que a dosagem varia de acordo com a necessidade e que não abusa da substância, garantindo que ainda consegue manter sua produtividade.

Relatos anteriores sugeriram que Musk poderia estar consumindo diversas drogas de forma habitual, levantando preocupações entre investidores e levantando questões sobre o risco para os interesses da Tesla.

Além disso, os contratos federais da SpaceX exigem conformidade com regulamentações sobre drogas, o que pode afetar a reputação e os negócios de Musk.

Musk afirmou que, do ponto de vista dos investidores, o que importa é a execução e a geração de valor. Ele destacou que, enquanto o desempenho da Tesla continuar satisfatório, seu comportamento em relação ao uso de drogas não deveria afetar negativamente a confiança dos investidores.

 

Um aviso para os leitores do blog

Entendo que é a minha obrigação abordar o assunto de forma menos superficial que o próprio Elon Musk abordou em sua entrevista.

O uso de qualquer tipo de substância, lícitas ou ilícitas, deve ser feito sob total responsabilidade individual e, mesmo assim, é considerado altamente questionável ou inaceitável em determinados cenários.

Não sou eu que vou questionar o que cada um vai usar dentro do seu ambiente doméstico, desde que tal prática não coloque a integridade de outras pessoas em risco.

Por outro lado, avalie algumas vezes se interagir com o coletivo sob o efeito de medicamentos e substâncias lisérgicas é algo respeitoso e seguro para as demais pessoas ao seu redor.

No caso específico de Elon Musk, ele deve saber melhor do que eu e você que possui responsabilidades legais no comando de suas empresas, principalmente no caso da Tesla, que conta com investidores.

Logo, admitir publicamente que está comandando a empresa sob efeito de substâncias que não são prescritas por médicos ou com doses controladas é algo que realmente deve tirar o sono dos investidores.

O tempo vai dizer se Musk está certo ou errado. Mesmo porque não basta ser dono de tudo se você não é responsável com o que faz com esse poder todo.


Compartilhe