A Google decidiu bater de frente com o problema da fragmentação, deixando de certificar qualquer smartphone sem o Android Oreo. Mas… para que serve a tal certificação da Google?

A certificação entrega uma série de requisitos para a utilização dos serviços fornecidos pela Google. Quando você adiciona a sua conta do Gmail para sincronizar seus dados na primeira utilização, seus e-mails, apps Android e demais configurações ficam disponíveis depois da configuração concluída. Mas para isso acontecer, é preciso ter todos os apps da Google instalados, especialmente o Google Play Services.

Sem a certificação, isso não fica disponível. É o que acontece com vários smartphones chineses, que não contam com a Google Play Services, Google Play Store e outros aplicativos. É possível instalar tudo manualmente, mas o processo não é simples para a maioria dos usuários.

A forma de saber se o seu smartphone está certificado pela Google é se ele possui todos os serviços da empresa instalados.

Existem outras duas formas simples de descobrir.

A primeira é ir até a página de suporte da Google e consultar a lista de todos os modelos com essa certificação. Um arquivo em PDF ou Excel está disponível para download, com a lista de dispositivos.

A segunda forma é via Google Play Store. Abra o aplicativo, vá nas configurações e procure o campo correspondente à certificação. Se estiver a palavra ‘Certificado’, então, está tudo certo.

Os dispositivos não certificados podem não estar seguros, sem receber atualizações do sistema ou para os seus aplicativos. Se esse smartphone conta com os apps da Google, muito provavelmente eles não são fidedignos, com aplicativos e funções com funcionamento incorreto, e seus dados ficam sem cópias de segurança.